Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Após mais de 30 anos sem reformas, foi assinado na manhã desta quarta-feira (30) o edital de licitação para o projeto de ampliação do Hospital Dr. Waldomiro Colautti (HDWC), em Ibirama. Ao todo, o investimento estimado é de cerca de R$60 milhões para melhorias na infraestrutura e deve possibilitar aumento no número de leitos, ala psiquiátrica, novo centro cirúrgico e outras áreas de atendimento.

Para a diretora do hospital, Silvana Leite da Costa, essa é uma das conquistas mais importantes para a unidade que atende a população de várias cidades e que necessita de atenção.

“Um dia muito importante porque firmamos o compromisso para reforma e ampliação do Hospital Dr. Waldomiro Colautti, um investimento de R$60 milhões que foi anunciado pelo governador do Estado, junto ao secretário de Saúde do Estado, André Motta Ribeiro, e o deputado Jerry Comper, lideranças políticas de Ibirama e equipe da unidade hospitalar. Um marco para a saúde pública da região, já que o hospital atende aproximadamente 40 municípios e está com 35 anos e nunca passou por reforma e ampliação dessa magnitude, portanto é essencial para melhorias do serviço e prestar um atendimento ainda melhor para toda a população que busca acesso em nosso hospital”, ressalta.

Ela explica ainda que no momento, a assinatura autoriza a licitação para contratação de empresa que elabore o projeto arquitetônico e a abertura será no dia 13 de abril e esclarece as mudanças que devem ser feitas durante a ampliação. “O processo de licitação é na modalidade tomada de preços e está em fase de recebimento de propostas e abertura no dia 13 de abril. Este é o edital de contratação de empresa para elaboração dos projetos arquitetônicos. O hospital passará de 100 para 140 leitos, teremos novo centro cirúrgico, obstétrico, CME, nova emergência e serviços de ambulatório, assim como um novo centro de diagnóstico por imagem. Com isso conseguiremos ampliar a oferta e disponibilizar novos serviços, assim como uma ala de psiquiatria”, revela.

“Nosso agradecimento especial ao governador, secretário de Saúde e o nosso deputado estadual Jerry Comper que não mediu esforços para que essa conquista chegasse e que neste momento tivéssemos a garantia de recursos, não apenas para a elaboração do projeto, mas execução da obra”, acrescenta Silvana.

De acordo com o deputado estadual Jerry Comper, que esteve presente na assinatura, a demanda é bastante antiga e representa um marco para a Saúde de todo o Alto Vale.

“A saúde é uma das minhas bandeiras, uma das minhas prioridades. Participei da assinatura da licitação para o projeto de reforma e ampliação do hospital Dr. Waldomiro Colautti, da minha querida Ibirama, obra essa que após 35 anos sem ter passado por nenhuma benfeitoria, será um verdadeiro marco para a saúde do Vale do Itajaí. Serão cerca de R$ 60 milhões investidos na obra que vai melhorar ainda mais o atendimento e a infraestrutura do local, aumentando de 100 para 140 leitos, ala psiquiátrica, novo centro cirúrgico, ampliação de salas, nova CME, emergência, ambulatórios e novo Centro de Diagnóstico de Imagem”, destaca.

Ele ainda enaltece a parceria com a diretoria da unidade e a dedicação do governador Carlos Moisés e secretário de Saúde do Estado pelo investimento na região. “Um trabalho realizado em parceria com a Diretora do HDWC, Silvana Leite da Costa, e toda sua equipe de trabalho, a quem agradeço a parceria. Agradecimento especial ao Governador Carlos Moisés e ao secretário de Saúde, André Motta Ribeiro, por valorizar nossa cidade e toda nossa região. Muito obrigado”, agradece.

Do ato de assinatura participaram diversas autoridades estaduais e diretores de outras unidades, uma vez que o Governo anunciou um investimento de R$585,4 milhões na área da Saúde para todo o estado. Para Carlos Moisés, investir em infraestrutura para o setor é uma forma de diminuir o sofrimento da população.

“Governar é diminuir o sofrimento da população e esses investimentos vão trazer exatamente isso. Tirando as pessoas das filas de procedimentos, de cirurgias, além de garantir um ambiente mais adequado para todo o time da saúde que passou por esses dois últimos anos no enfrentamento da pandemia. Entendemos que investir em saúde, educação, infraestrutura faz o diferencial que é Santa Catarina ter a melhor unidade da federação para se viver, trabalhar e criar seus filhos. Estamos cumprindo com o que prometemos. Tudo isso é resultado de uma gestão focada em oferecer o melhor para os catarinenses”, avalia.