Alto Vale
Foto: Divulgação/ilustrativa

Cláudia Pletsch/DAV

Na manhã de terça-feira (16) familiares de duas senhoras, que eram residentes nos municípios de Presidente Getúlio e Ascurra, e que faleceram no Hospital Doutor Waldomiro Colautti de Ibirama constataram a troca dos corpos no momento do velório. Agora o hospital vai abrir uma sindicância interna para averiguação, e a Polícia Civil de Ibirama deve seguir com as investigações.

De acordo com nota enviada pelo Hospital Doutor Waldomiro Colautti, por volta das 9h30min da manhã de terça, a senhora de 92 anos que era moradora de Ascurra veio a óbito, e no mesmo dia por volta das 11h20min uma moradora de Presidente Getúlio de 94 anos também faleceu. Depois de ter comunicado os óbitos aos familiares, ambos teriam contatado as funerárias escolhidas para preparação e translado do corpo. Ainda segundo o hospital a funerária de Presidente Getúlio teria chegado ao local antes da de Ascurra e foi nesse momento que equivocadamente teria levado o corpo da paciente de 92 anos para preparo, velório e enterro em Presidente Getúlio.

Ainda de acordo com o hospital o corpo da paciente de 94 anos foi encaminhado ao necrotério e posteriormente recolhido pela funerária do município de Ascurra, mas no momento do velório os familiares não teriam a reconhecido. Enquanto isso em Presidente Getúlio a senhora de 92 anos já havia sido enterrada.

O Hospital Doutor Waldomiro Colautti informou ainda que “em virtude da constatação da troca de corpos, o hospital, de imediato, contatou seus funcionários para checagem dos fatos ocorridos bem como as funerárias e os familiares das pacientes em questão”, disse em nota. O hospital informou ainda que possui as imagens de segurança das câmeras que comprovam que os corpos estavam devidamente identificados. “Ratificamos que o Hospital Doutor Waldomiro Colautti realizou todos os protocolos de identificação dos corpos, como preconizado pelo Núcleo Interno de Segurança do Paciente. O Hospital Doutor Waldomiro Colautti lamenta profundamente o ocorrido, ofertando todo o suporte para as famílias e dando os encaminhamentos necessários. Informamos que dispomos das imagens das câmeras de segurança aonde comprova os corpos estavam devidamente identificados”.