Cidade, Saúde
Foto: Divulgação

O novo tomógrafo computadorizado adquirido pelo Hospital Regional de Rio do Sul já está sendo montado e deve começar a funcionar ainda durante o mês de novembro.  A previsão é do presidente da Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí (Fusavi), Osmar Peters. O equipamento, que custou em torno de R$ 900 mil, conta com 16 canais para imagens do corpo inteiro com tecnologia de ponta, otimizando o atendimento ao paciente e ao mesmo tempo acelerando a tomada de decisões. Também deverá entrar em funcionamento em breve o novo mamógrafo, comprado através de emenda parlamentar do deputado federal Rogério Peninha Mendonça.

O presidente da Fusavi adiantou que o tomógrafo é de fabricação japonesa e que por isso demorou um pouco para chegar. “Em breve estará em funcionamento e quem ganha é a população do Alto Vale do Itajaí e regiões mais próximas”, avalia. Os recursos investidos são da própria instituição.

O mamógrafo custou R$ 391,6 mil com contra partida de R$ 33,3 mil, incluindo um ultrassom destinado à Unidade de Terapia Intensiva. Osmar Peters lembra que essa era uma emenda muito esperada pela diretoria. “Trata-se de uma emenda de 2018 que foi liberada somente esse ano”, ressalta.

O presidente avalia ainda que com o aparelho de hemodinâmica, adquirido no ano passado, todo o centro de diagnóstico por imagem do Hospital Regional foi modernizado. “Foram investidos o equivalente a cerca de R$ 1,5 milhão, no câmbio da época e mais R$ 500 mil na construção das novas instalações”, justifica. O atual tomógrafo foi adquirido em 2009 e precisava ser modernizado já que em razão do tempo de uso não atendia mais as necessidades, apresentando problemas de manutenção.