Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Nos próximos dias Ibirama vai voltar a contar com uma grande empresa têxtil referência em Santa Catarina, que comercializa em todo o Brasil e exporta para mais de 40 países do mundo. É que após o fechamento da Cia Hering, a cidade vai receber no mesmo local um parque fabril da Karsten, que deve gerar cerca de 130 empregos. A data prevista para início das operações é o dia 2 de agosto.

Com 138 anos no mercado, a Karsten possui uma fábrica em Blumenau e 10 lojas distribuídas em três estados, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, especializadas na confecção e comercialização de produtos de cama, mesa, banho e tecidos para decoração. O novo parque fabril em Ibirama atuará especialmente na confecção de roupas de cama e terá três turnos de trabalho: das 5h às 14h18, das 14h18 às 23h24 e turno geral para áreas de apoio.

O gerente de Manufatura da empresa, Marcos Paulo Dahlke, comenta que inicialmente apenas uma parte do imóvel será utilizado, mas a intenção é ir ampliando as atividades gradualmente até atingir a produção de 2.360 jogos de cama por dia. “Nesse primeiro momento a unidade vai trabalhar com jogos de cama, que é um dos negócios da Karsten que está em crescimento. Na capacidade máxima poderemos produzir 2.360 jogos por dia. Primeiro vamos usar uma parte do espaço e depois ir planejando a ocupação do prédio em sua plenitude”.

De acordo com a gerente de Gestão de Talentos da empresa, Patrícia Conradt Diniz, a projeção é de criação de 130 empregos, sendo 100 empregos diretos e 30 indiretos e as contratações iniciam a partir do próximo mês. “Entre os dias 11 e 15 de junho, estaremos na sede da empresa, no bairro Ponto Chic, recebendo currículos e entrevistando candidatos para preencherem o quadro de colaboradores. Os interessados em uma dessas vagas também podem encaminhar currículo para o email recrutamento.ibirama@karsten.com.br”, explicou.

Ela comenta que hoje cerca de 10% da produção vai para exportação, mas os outros 90% ficam no mercado nacional. Segundo Patrícia, a escolha do município para o novo parque fabril se deu por diversos fatores. “Foi um conjunto de fatores. Primeiro porque o município é um polo têxtil de mão de obra de costura que a empresa estava procurando, achamos as instalações adequadas e também encontramos um ambiente muito receptivo para a instalação”, conta.

Com 138 anos de história e considerada uma das maiores empresas do ramo têxtil do Brasil e uma das principais exportadoras de produtos têxteis para o mundo, a projeção para a nova fábrica é que ela auxilie nos planos de expansão da empresa e aumento da produtividade. “A Karsten vive um bom momento e os números publicados mostram que tivemos um crescimento mesmo na pandemia”, completa Patrícia.

Desenvolvimento da economia

O novo parque fabril deve estimular o crescimento da economia de toda a região Vale Norte e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Ibirama, Anderson Fozina Krüger, explica que o papel do poder público é desenvolver soluções para facilitar a implantação de novos empreendimentos no município. “Desde o início das negociações a prefeitura de Ibirama deu todo suporte necessário para viabilização do parque fabril e continuaremos sendo parceiros com as iniciativas que competem ao poder público”, destacou.

O prefeito de Ibirama, Adriano Poffo, comemorou a vinda da empresa para o município de Ibirama. “É um orgulho para nossa cidade recebermos uma das maiores empresas têxteis do Brasil, o que deverá possibilitar a ampliação de vagas de empregos e o desenvolvimento da nossa economia. Como prefeito, continuaremos dando todo o apoio necessário a todas as empresas do setor”.