Esporte
FOTOS: JONATHAN KOPROWSKI

A abertura do Maior Campeonato de Velocidade na Terra do Brasil, terá como sede o autódromo Lourenço Schreiner na cidade de São Bento do Sul, que realizará neste fim de semana (9 e 10), a 1ª etapa do Campeonato Catarinense de Automobilismo (CCA) e também a seletiva Marcas Brasileiro. A temporada de 2019 do CCA, é supervisionada pela Federação Catarinense de Automobilismo (Fauesc) e será disputada de março à outubro, em seis etapas, tendo como palco os autódromos das cidades de Ascurra, Joaçaba, Santa Cecília e São Bento do Sul. A corrida promete velocidade, adrenalina e muita poeira entre os mais de 80 pilotos de São Paulo, Paraná e de toda a Santa Catarina, entre eles, o ibiramense Willian Frederico Jaeger que é o atual campeão das provas.

Diferenciado do Rally por ser disputado em circuitos fechados, as competições de velocidade na terra agradam o público e também os pilotos nas regiões porém, o esporte ainda é pouco conhecido em âmbito nacional, onde apenas algumas categorias tem a visibilidade merecida. De acordo com o presidente do Automóvel Clube, Ronnie Albert Zulauf, serão seis categorias.

“Teremos nas disputas, o Stock Omega, Opala, Marcas A e B, Estreantes, Turismo Clássico e Autocross. A expectativa para esta abertura da temporada do velocidade na terra está bem positiva. O tempo vai colaborar, poderá ter algumas pancadas de chuva, o que faz parte do espetáculo e é um atrativo a mais para aumentar a emoção entre os pilotos. Já vendemos muitos ingressos para esse fim de semana e para melhor receber o nosso público, preparamos uma estrutura com uma excelente área de alimentação e camping. Com certeza, será um grande evento, com muita poeira, velocidade e aproveito também para convidar a todos do Alto Vale e região, para que venham torcer e vibrar com a gente em um dos maiores campeonatos de velocidade na terra do Brasil”, frisou.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Segundo o piloto do Alto Vale Willian, que compete há cinco anos e que é o tricampeão do Campeonato, a prova promete corridas eletrizantes fora de casa.

“Serão duas corridas no fim de semana, com pontuação total de 100%. Pilotos de alto nível de Penha, Balneário Camboriú, Itajaí, Florianópolis, Blumenau. A pista de São Bento do Sul é muito bem organizada, a terra é boa, a pista deve ter cerca de dois quilômetros de volta, com grids bem extensos e com mais de 20 carros largando ao mesmo tempo. É muita emoção, adrenalina, energia positiva e muita velocidade ao mesmo tempo para passar da linha de chegada. Na minha categoria, Opala, vou largar com mais 12 carros, na bateria que deve durar uns 20 minutos de corrida, o que nesse tempo dá para dar umas 16 voltas e posso garantir que se depender de mim, a poeira vai levantar”, adiantou.

Jéssica Sens