Cidade, Destaque

Julieti P. Largura

O Instituto Federal Catarinense (IFC) de Rio do Sul estará oferecendo mais uma oportunidade para aqueles que querem ingressar no curso superior e da melhor forma, gratuitamente. É que estão abertas as inscrições para vagas que não foram ocupadas e agora haverá uma nova seleção de estudantes. As inscrições seguem até o dia 26, quinta-feira e devem ser feitas na secretaria do IFC em Rio do Sul.

Segundo o diretor geral, Ricardo Veiga, esse novo edital visa complementar as vagas não preenchidas através dos processos Enem/Sisu. “Os candidatos serão classificados e faremos uma análise do histórico escolar, caso haja mais candidatos que disponibilidade de vagas”, salientou.

Há disponibilidade nos cursos superiores de Agronomia, Ciência da Computação, Matemática, Física e Pedagogia nas unidades Sede (Estrada do Redentor) e Urbana (Jardim América). “Essa é a última oportunidade para realizar um curso superior gratuito no IFC em 2016”, disse Veiga.

Silvana Catarine Bauer é formanda do curso de Matemática do IFC Rio do Sul e veio de Marechal Candido Rondon, no Paraná, em busca de oportunidade de estudo. Ela conta que o principal fator que a atraiu para Rio do Sul foi a oferta de um curso de sua preferência, com promessa de qualidade de ensino gratuito. “Primeiro fato que me fez vir foi por ser um estudo gratuito e acreditar que era um ensino de qualidade, como realmente foi possível ver. Os auxílios que a gente recebe no decorrer do curso também foram fundamentais. Temos várias experiências no decorrer do curso”, disse a estudante.

Ela também cita a possibilidade de poder ser bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência (Pibid) e do projeto de Feiras de Matemática. “Permite o contato com a realidade profissional do professor de matemática, conhecendo escolas e o cotidiano dos profissionais”, finalizou. Durante os anos de graduação, a estudante aproveitou para participar do curso técnico de Agrimensura, e agora já está procurando participar de concursos públicos e ser chamada para ser professora em Rio do Sul.

O coordenador do curso de Matemática, Ruy Piehowiak, que é um dos que oferecem vagas remanescentes, fala da qualidade de ensino que é oferecido aos alunos. “É um curso bastante atualizado, onde os professores estão em capacitação constante. Temos o projeto da Capes chamado Pró-docência, que capacita os professores e em paralelo à ele temos o programa Pibid, que é voltado para os acadêmicos. Temos 21 acadêmicos bolsistas nesse programa, deste a primeira fase ele já pode participar”, disse e completou dizendo que é um programa que vai dar experiência de sala de aula para os alunos, onde são feitas atividades que professores executam nas escolas.

“Temos um diferencial que o aluno sai com toda a base e experiência para ingressar no mercado de trabalho. Temos também muitos projetos de extensão. Um projeto de extensão de bastante destaque é o de Feiras de Matemática, que também atua diretamente com as escolas”, disse.

Sobre as estruturas das salas de aula o coordenador frisa que são muito confortáveis com ares condicionados, laboratórios de informática, o próprio laboratório de matemática com jogos, materiais manipulativos, computadores com softwares voltados para o ensino na matemática. “É um curso gratuito em uma instituição federal. Com qualidade de professores que alguns têm especializações, mas a maioria possui mestrado e doutorado”, finalizou o coordenador.