Alto Vale
Divulgação

O ano de 2020 foi marcado por um salto na negociação de imóveis no Município de Rio do Campo. Ao todo, foram movimentados R$ 14.930.506,00 em negociações de imóveis, entre compra e venda e cessão de direitos hereditários.

O levantamento foi efetuado com base nos dados do Setor de Tributos do Município de Rio do Campo e se referem aos valores declarados de compra e venda de imóveis ou cessão onerosa de direitos hereditários. Neste total, não se inserem as transferências ocorridas por herança, doação ou aquisições originárias (como a usucapião).

O Fiscal de Tributos do Município, Alicio Giacomozzi Neto, ressalta a importância do fato: “Embora a pandemia tenha atingido diretamente na economia do Município, parece que o mesmo não ocorreu no setor imobiliário, que teve um enorme aumento em comparação com o ano anterior. Cabe ressaltar ainda que estes valores não levam em conta contratos particulares de compra e venda, o que indica que este número pode ser bem maior, pois ainda é prática comum negociar imóveis sem efetuar o registro na matrícula do imóvel.”

Em comparação, o ano de 2019 registrou R$ 8.822.830,00 em valores declarados, ou seja, houve um aumento de 69,23% para o ano de 2020. Com estes valores, o Município de Rio do Campo arrecadou R$ 298.610,12 de ITBI em 2020, contra R$ 176.456,59 arrecadados em 2019.