Alto Vale

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

A construção da estátua gigante de Nossa Senhora de Lourdes, segunda maior imagem religiosa do Brasil, já iniciou em Ituporanga. A estrutura terá cerca de 40 metros de altura e perde apenas para o Cristo Redentor no Rio de Janeiro. A previsão é que o novo atrativo turístico fique pronto no início de 2021 e deva impulsionar a vinda de fiéis de todas as regiões do país para o Alto Vale.

A construção, que está na etapa da base de sustentação, é avaliada em cerca de R$ 3,5 milhões e é uma doação do empresário Silvio Prim. O projeto será desenvolvido anexo a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes que já é um ponto turístico em Ituporanga. Essa também deve ser a maior estátua da Santa no mundo.

A ideia de construir o santuário surgiu em 2016 e inicialmente era mais modesta, mas foi ganhando força e se transformou num grande complexo turístico que contará com a Santa em cima da capela, mirante, escadaria com cerca de 2.500 degraus que inicia na Rua Adão Sens e termina no monumento, que também contará com elevador. A expectativa é de que somente a estátua deve pesar entre 90 e 100 toneladas.

A fundação foi concretada na sexta-feira e um ato simbólico marcou o início da construção do novo complexo turístico que deve atrair milhares de pessoas pela infraestrutura e também pela localização privilegiada próximo a Serra e ao Litoral de Santa Catarina.

O prefeito em Exercício de Ituporanga, Gervásio Maciel, comenta que a construção será um orgulho para Ituporanga. “Temos uma das grutas mais lindas do estado que fica dentro da mata no Centro de Ituporanga e sem dúvida alguma, com essa imagem e as escadarias, teremos um polo turístico religioso muito procurado em Santa Catarina. Não tenho dúvida que será um sucesso para Ituporanga, a Capital Nacional da Cebola”, disse.

O empresário Silvio Prim foi procurado pela reportagem do Diário do Alto Vale, mas não quis comentar o assunto.