Cidade

O aluno que fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2016 tem até amanhã para fazer sua inscrição no ensino superior, através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O processo de candidatura é simples: o estudante deve acessar o site do Sisu (sisu.mec.gov.br), escolher o curso e a instituição de sua preferência, e aguardar pela lista dos aprovados.

No Instituto Federal Catarinense (IFC), em Rio do Sul, 220 vagas foram ofertadas aos alunos via Sisu. São seis cursos de bacharelado e licenciatura, entre eles o de Agronomia, Ciência da Computação, Matemática, Física, Pedagogia e Mecatrônica. De acordo com o diretor geral do IFC, Ricardo Veiga, a grande vantagem do Sisu é que o estudante pode procurar por uma instituição onde ele entre com uma pontuação menor. “Ele pode não passar no estado ou na cidade em que ele se encontra e passar em outro local”, afirma.

O aluno que ingressa no ensino superior pelo Sisu não precisa fazer nenhum outro tipo de vestibular. Segundo Ricardo, ele apenas irá fazer a matrícula na instituição em que conseguiu a vaga. A partir do dia 30 de janeiro, a lista de classificados na primeira chamada já estará disponível no site do Sisu, e os aprovados deverão ficar atentos à data de matrícula do IFC, que acontece de 3 à 7 de fevereiro.

Nota de corte

O Diretor do IFC explica que a nota de corte dos cursos varia. “Estamos falando de 400 até 600 pontos, dependendo do curso. Como é uma concorrência nacional, depende de quem se inscreve e qual é o grau de conhecimento do aluno”, ressalta. Ricardo ainda conta que em cursos como Agronomia, a média das notas fica entre 400 e 450, por exemplo. “Depende sempre do número de alunos interessados no curso”.

Através do site do Sisu, o estudante também consegue verificar as notas de corte do dia anterior. Com isso, ele já pode saber se possui a pontuação mínima para ingressar no curso desejado. “Se ele não foi aprovado, tem a outra opção [instituição] que ele se inscreveu. Aí ele pode buscar essa segunda opção como uma forma de garantir a vaga”, comenta Ricardo. O diretor ainda ressalta que o IFC admite estudantes de diversos locais do país. “A gente recebe alunos de todo o Brasil, inclusive que vêm procurando o curso e acabam encontrando aqui na nossa instituição uma vaga”.

Matrículas

O candidato classificado deverá efetuar sua matrícula nos dias 03, 06 e 07 de fevereiro, no campus do curso para o qual foi selecionado. Para fazer a inscrição, o aluno deverá levar seu histórico escolar, comprovante da nota do Enem e outros documentos, como RG, CPF e comprovante de residência.

Ricardo explica que caso as vagas dos cursos não sejam preenchidas através do Sisu, o IFC abrirá um edital de vagas remanescentes. “Por exemplo, nós ofertamos 35 vagas e só preenchemos 25. Então nós vamos ofertar 10 vagas através de edital próprio. Esses editais estarão disponíveis a partir da última chamada do Sisu”, finaliza.

Carolina Ignaczuk