Alto Vale

Foi aberta a chamada pública pra os agricultores familiares de Ituporanga que desejarem fornecer alimentos através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). O objetivo do Município em 2017 é aumentar a participação dos produtores rurais e, ainda, o percentual de recursos para a agricultura familiar. Por lei, no mínimo 30% do valor repassado para o Pnae deve ser utilizado na compra de alimentos diretamente dos produtores familiares, como forma de incentivo ao empreendedorismo e aumento da lucratividade destes trabalhadores.

Os incentivos ao agricultor ainda vão além da possibilidade de venda direta, pois eles também recebem o valor final pago pelo mercado. Segundo a Prefeitura de Ituporanga, dos 40% pagos ano passado a estes agentes, a intenção em 2017 é atingir a meta para 65%, um grande salto para o setor. A nutricionista da Secretaria de Educação de Ituporanga, Pamela Medeiros, explica esta ação:

“É uma forma de incentivo ao agricultor pelo valor que ele recebe e como garantia a manutenção da qualidade dos produtos adquiridos. A intenção é cada vez mais expandir essa parceria, que além de resultar em um produto com qualidade nutricional e sensorial, também tem grande redução na utilização de agrotóxicos”, comentou a nutricionista.

Medeiros ainda diz que uma parceria firmada entre a administração municipal e a Epagri proporciona maior preparo e conhecimento sobre a época de plantio, uso de insumos, quantidade a ser plantada. Tudo isso como forma de evitar desperdícios na produção. As capacitações ainda abordam o cronograma de plantio para entrega nas unidades escolares semanalmente, com enfoque na qualidade dos produtos e economia.

Novos produtos compõem o cardápio neste ano, proporcionando alimentação ainda mais completa aos alunos. Morangos, pêssego, maracujá, pimentão, e muitos outros itens que já fazem parte da merenda diariamente. Tudo oriundo de Ituporanga. Para isso, ocorrerá uma divisão igualitária entre os produtores:

“A intenção é que aconteça uma divisão igualitária entre eles, sem que haja a concorrência. Além de todas as vantagens como a renda extra aos agricultores e a qualidade do produto servido para os alunos, é uma atitude importante para a economia do município já que o recurso retorna para a comunidade”, disse a nutricionista.

Já o prefeito de Ituporanga, Osni Francisco de Fragas, o Lorinho, diz que é preciso envolver os agricultores nesse processo. “Nós temos uma agricultura familiar muito forte no nosso município e com muita qualidade. Não precisamos ir buscar isso fora. Quanto mais nós pudermos comprar aqui, melhor para todos”, explicou o prefeito.

 

Como participar

Atualmente esses produtores rurais se organizam em um grupo informal, o que facilita o processo de contratação, mas qualquer interessado pode participar através da entrega da documentação. Com a chamada pública realizada na sexta-feira e a documentação sendo enviada para o setor de Compras, nas próximas semanas a prefeitura já pode realizar a compra com os agricultores.

Airton Ramos


Rio do Sul aumenta investimento na compra de merendas escolares direto do agricultor

Mortes evidenciam importância de obras nas rodovias

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogado

Nova Fase da Lava Jato investiga fraudes financeiras na Petrobras