Alto Vale

Ituporanga está em situação de alerta para a dengue. Foram encontrados cinco focos do mosquito Aedes Aegypti em quatro bairros do município. São dois focos no Bairro Jardim América, um no Bairro Bela Vista, um no Bairro Vila Nova e um foco no Centro. Somente neste ano foram encontrados 12 focos do mosquito na cidade. A detecção ocorreu por meio do monitoramento da rede de 90 armadilhas instalada nos bairros.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica a partir da detecção dos focos os agentes de endemia, em parceria com as agentes de saúde irão iniciar nesta semana uma vistoria nas proximidades dos locais onde os focos foram encontrados. “A vistoria acontece em um raio de 300 metros de cada local que foi detectado o foco. Já pedimos para que a população receba esses agentes e deixe que seja feita essa varredura nos jardins e nas proximidades das residências”, explicou a enfermeira responsável pela vigilância epidemiológica Georgia Staudinger.

O trabalho de monitoramento e orientação deve ocorrer até a próxima semana. Mas as pessoas também podem fazer essa vistoria em suas casas. Esse trabalho de prevenção pode ajudar a evitar surtos da doença. “Embora a gente esteja passando por um período de seca, essas larvas foram encontradas nas armadilhas, que já fazem parte do trabalho dos agentes. Basta uma pessoa vir de algum lugar com a doença e termos o mosquito, para além da covid termos um surto de dengue. Então precisamos colaborar, pensar no bem coletivo”, ressalta.

Além da vistoria, os agentes irão entregar orientações sobre como prevenir o aparecimento dos focos. De acordo com a responsável pela vigilância epidemiológica, a prevenção da dengue pode ser feita com práticas simples que evitam, principalmente, a reprodução do mosquito transmissor, através da eliminação de objetos que acumulem água parada como pneus, garrafas e plantas. “A gente pede também para os donos de terrenos baldios que façam a roçada, mantenha o mato baixo e que as pessoas não joguem lixo”.

Apesar dos focos não há registro de casos de pessoas infectadas pela dengue no município.