Alto Vale
Foto: Divulgação

A Administração de Ituporanga, por meio da Secretaria de Planejamento, notificou as empresas que são as responsáveis por executar cinco obras públicas no município. O motivo seria o ritmo lento de trabalho e não cumprimento do cronograma previsto no contrato. Caso a situação não seja regularizada, a prefeitura pode inclusive fazer a rescisão dos contratos.

As obras que estão atrasadas são a ciclovia às margens da rodovia SC-110 no acesso ao Distrito Industrial, com investimento no valor de R$ 1,5 milhão, a ampliação do CEI Cecília Kopp Thiesen que está recebendo novas salas de aula com banheiros, a construção de banheiros no Centro Educacional Curt Hamm, a construção de banheiros e um muro no Centro Educacional Bernardina Farias de Matos e a reforma do Centro Educacional Leandro dos Santos no Rio Bonito.

O secretário de Planejamento Vilmar Schwambach, informa que as obras se arrastam há algum tempo e por isso o município precisou notificar as empresas responsáveis. “Não está sendo cumprido o cronograma de execução de obras determinado na licitação, por isso as notificações”, afirma.

Agora as empresas têm um prazo para esclarecer o motivo pelo atraso e caso não apresentem uma justificativa a prefeitura pode aplicar penalidades, que podem ser de até 10% do valor do contrato, ou até mesmo a rescisão do contrato para a realização de uma nova licitação.