Alto Vale
Foto: Franciel Andrade

Reportagem: Rafael Correa/DAV

Como forma de gratidão e demonstração de fé, um pastor de Jaraguá do Sul, que já morou em Ituporanga, está realizando um trabalho de evangelização na Capital da Cebola através de um voo de balão, bem diferente. No cesto há uma caixa de som que leva mensagens sobre fé, para chamar a atenção das pessoas por onde passa. O idealizador deve sobrevoar o município a partir das 16 horas desta sexta-feira, saindo de um terreno em frente ao posto de gasolina do bairro Gabiroba em direção ao município de Petrolândia.

O pastor Ronald Gartner chegou a morar em Ituporanga quando criança. Ele afirma que a forma escolhida para evangelizar tem a ver com a sua infância, quando desenvolveu medo de altura devido a algumas quedas. Depois de muito tempo, movido pela sua fé, conseguiu superar o receio e aí surgiu a ideia do balão.

“Faz nove anos que eu estava orando e que Deus me mostrou uma circunferência, eu fui me aproximando e vi que em baixo havia um quadrado e cheguei perto e esse alguém era eu. Eu olhava para baixo e não tinha medo, me sentia bem, em paz. Eu ouvia uma voz que dizia para o povo se preparar porque a vinda de Cristo estava próxima. A mensagem ecoava e as pessoas olhavam para cima surpresas, e onde eu olhava as pessoas estavam buscando a palavra”, conta.

Antes de iniciar os voos, Ronald precisou fazer alguns cursos para aprender sobre o balão. Foi um processo longo que durou cerca de cinco anos indo até São Paulo para as aulas até fazer o primeiro voo.

Os voos evangelísticos iniciaram em Jaraguá do Sul, onde reside e o balão foi adquirido por empresários de Joinville e Rio de Janeiro. Desde então várias cidades já tiveram a presença de Ronald, como Guaramirim, Pomerode, Maringá (PR), Santa Fé (PR), Cotia (SP), entre outras.

“Esses voos são em todo o Brasil, onde eu conseguir atingir, mas as dificuldades são muitas porque o nosso Ministério é pequeno e a situação financeira não é tão fácil, mas Deus sempre tem provido o que é necessário e então, tem dois empresários, um de Joinville e outro do Rio de Janeiro que não congregam em igreja, que adquiriram o balão para estarmos fazendo o trabalho”, comenta.

Durante esta semana, Ronald já fez um voo a 500 metros de altura, em Ituporanga, na quarta-feira e outro deve ocorrer nesta tarde. Ele explica que vários fatores precisam ser observados antes, como “condições climáticas, vento, fios de alta tensão e não pode estar chovendo”.

Questionado sobre os gastos para realização, ele conta que cada vez que o balão sobre são mais de R$ 1000. “O custo somente de gás para cada voo é em torno de R$1000 a R$1.400. Custo do gás propano que só consigo adquirir no Paraná. Financeiramente nós não temos auxílio financeiro de nenhuma denominação de igreja, nenhum financiamento a não ser de pessoas movidas por Deus para estarem contribuindo para que a gente faça esses voos. Pessoas que estão e que não estão em igrejas”, destaca.

O pastor Bio Finardi, de Ituporanga, providenciou a chegada de Ronald, comenta como o conheceu e ressalta a importância dos voos para a evangelização. “Nós tivemos o prazer de conhecer o pastor Roland a cerca de dois anos atrás no Avivar “Retiro de pastores”. A cerca de dois meses ele me ligou dizendo que precisava vir para Ituporanga pois Deus havia colocando em seu coração que a mensagem da Cruz deveria ser pregada pelos céus desta cidade. Então nos programamos para recebê-lo e poder honrá-lo. Vejo que o trabalho que ele realiza é muito importante, pois em meio a vida corrida que todos têm vivido em busca de tantas coisas, muitos se perdem no meio do caminho”, pontuou.

Para ele a ideia é muito bonita e cativa. “É inevitável e poderoso, pois um Balão como este, chama atenção e faz com que as pessoas olhem para o céu, oportunizando a reflexão da mensagem propagada no balão- Só Jesus Cristo Salva”, completa.