Alto Vale
Foto: Helena Marquardt/DAV

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Já chega a 11 o número de mortos na maior tragédia do Alto Vale que ocorreu em Presidente Getúlio em virtude das fortes chuvas. Os dados são atualizados a todo momento, mas o comandante dos Bombeiros Voluntários do município, Alex de Lima, estima que o  número de vítimas deve ser bem maior já que ainda há muitas pessoas desaparecidas e o trabalho de resgate de corpos deve seguir pelos próximos dias.

Na cidade, a força da água arrastou carros, containers, e derrubou casas inteiras. O bairro mais afetado foi o Revólver onde ocorreram a maioria das mortes e onde o cenário era de completa destruição. Estragos foram registrados por todo o município e nesta quinta-feira (17) moradores tentavam procurar familiares ou salvar o que sobrou dos pertences.

O acumulado de chuva em Presidente Getúlio, em 12 horas, foi de 121 milímetros, segundo o Centro de Monitoramento de Desastres Naturais (Cemaden). O previsto para todo o mês de dezembro é de 153 milímetros, segundo a Defesa Civil.  Como a chuva voltou a cair, a preocupação segue pelas próximas horas.

*Matéria em atualização