Cidade
Foto: Maria Carmen de Melo Silva

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Um jovem de apenas 19 anos e um tumor no fêmur, que o afastou de diversas atividades pela segunda vez. Esse é o caso de João Victor, de Rio do Sul. Após vários meses tentando arrecadar o valor da cirurgia de R$75 mil através de vaquinhas virtuais e ações entre amigos, ele finalmente conseguiu pagar pelo procedimento que está ocorrendo agora. Isso mesmo, a cirurgia começou por volta das 14h desta sexta-feira (15) e tem previsão de quase 10 horas de duração.

A mãe de João, Maria Carmen Melo da Silva explica que a família está em Curitiba, no Hospital Nossa Senhora das Graças aguardando pelo procedimento e que a cirurgia representa um novo começo para o jovem.  Ela aproveitou também para agradecer. “Sem ajuda da comunidade isso não estaria ocorrendo de forma tão rápida, para acabarmos com tudo isso, se recuperar e voltar à vida normal, voltar estudar, praticar esportes que ele gosta e que está limitado nesse momento. A gente torce para que tudo dê certo, tudo fique bem. Não temos palavras para agradecer todas as contribuições, todas as pessoas que ofereceram ajuda”, afirma.

O irmão de João, Jonathan Rafael é bastante ativo nas redes sociais e teve participação importante na arrecadação do valor e nesta sexta-feira ele fez ainda uma prestação de contas dos ganhadores da ação entre amigos, depósitos em contas e também dos valores arrecadados pela vaquinha, que juntos arrecadaram cerca de R$80 mil.

Essa é a segunda vez em seis anos que o rio-sulense enfrenta a doença. Em 2014 ele foi diagnosticado com um tumor no fêmur e já havia passado por cirurgia. De acordo com a mãe do João, Maria Carmen Melo da Silva, tudo parecia ir bem e o médico o liberou visto que não sentia mais dores e não havia sequela. Algum tempo depois, as dores voltaram e após visita ao médico, João foi novamente diagnosticado com um tumor no fêmur, dessa vez um tipo benigno, porém agressivo, disse a mãe. Mais uma vez, o jovem precisaria de intervenção cirúrgica, mas esta custaria cerca de R$75 mil e sem condições para conseguir o valor, a família buscou a ajuda da comunidade através da internet. Em entrevista ao DAV no dia 13 de novembro de 2020, João falou de esperança, ele disse que estava confiante e esperava melhorar logo.

Confira a prestação de contas:

Dados enviados pela família de João.