Alto Vale

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

A Krüger Haus de Trombudo Central, um dos empreendimentos turísticos mais conhecidos do Alto Vale e que ajuda a preservar a história e costumes da colonização alemã na região, resolveu inovar nesta pandemia e depois de mais de seis meses fechada, lança uma novidade: o piquenique no jardim para que famílias possam conhecer o local e aproveitar momentos únicos com toda a segurança.

O local passa a atender todos os finais de semana e feriados e para participar do piquenique é preciso fazer reservas de cestas sempre até o sábado ao meio dia.   Elas contém frutas, pães, geleias, queijos entre outros itens. Caso chova no dia marcado o visitante também pode reagendar o passeio. “Sabemos que bons momentos ficam guardados na memória e é isso que a Krüger Haus quer. Antes trabalhamos muito com eventos para grupos maiores, mas esse momento de pandemia exigiu uma adaptação de todos e resolvemos oferecer o piquenique que é um momento muito bacana. Reúna sua família e venha passar algumas horas divertidas conosco” convida a proprietária Mariany Uhlendorf.

Ela explica ainda que há opções de cestas para quatro pessoas ou para apenas duas pessoas. Além do piquenique, o visitante ainda pode participar de brincadeiras interativas como corrida do tamanco, chute ao alvo, melhor serrador, pega bastão, corrida do carrinho de mão, passeio de trator, trilha na Mata Nativa, gambiarra do Chopp, visita ao Museu. O valor é de RS10,00 por pessoa.

As reservas para o piquenique podem ser feitas pelo telefone (47) 988082425. “Nós da Krüger Haus, estamos nos organizando para recebê-los com muita dedicação e carinho, porém seguindo as normas de prevenção ao Covid-19”, completa.

A Krüger Haus

Cheia de singeleza, a Krüger Haus é uma casa que possui arquitetura de influência alemã, caracterizada pela técnica enxaimel, com estrutura de peças em canela encaixadas e preenchimento de tijolos.   O primeiro proprietário foi o senhor Hermann Krüger que chegou a estas terras em 1923, enfrentando todo tipo de dificuldade, mas querendo fazer da localidade um lugar bom para se viver.

A casa, construída na década de 30, sintetiza o pensamento e a cultura dos primeiros colonizadores. Através de visitas agendadas, a Krüger Haus, oferece aos turistas uma verdadeira viagem no tempo e o visitante pode ver de perto a linda exposição de móveis e utensílios que retratam fielmente o dia a dia do imigrante alemão. A família Krüger preserva esse patrimônio rico em detalhes e mantém viva a memória e tradição dos colonizadores.