Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Laurentino e Rio do Oeste devem ganhar em breve um quartel do Corpo de Bombeiros Militar. A decisão sobre em qual dos municípios ele seria instalado deve ser tomada na próxima semana. A construção beneficiaria diretamente a população das duas cidades diminuindo o tempo de resposta nas ocorrências já que hoje elas são atendidas pelos bombeiros de Rio do Sul.

Mais uma reunião para discutir a implantação foi realizada nesta semana e contou com a presença dos prefeito de Laurentino, Marcelo Tadeo Rocha, e de Rio do Oeste, Diogo Ferrari e ainda do comandante do Corpo de Bombeiros de Rio do Sul, Jefferson de Souza.

De acordo com o prefeito de Rio do Oeste, os dois municípios têm terrenos próprios que poderiam abrigar o quartel e segundo ele a verba para a construção já estaria garantida através de emenda parlamentar. “O que falta definirmos mesmo é em qual cidade ele seria feito. Laurentino tem um terreno à margem da SC e nós temos um próximo à prefeitura, mas vamos conversar e escolher aquilo que for melhor para os dois municípios”, afirmou.

Ele ressalta que independente da cidade escolhida, a maior beneficiada será a população que terá um atendimento mais rápido nas mais diversas situações. “Aqui em Rio do Oeste tem períodos como a safra do fumo que precisamos dos Bombeiros quase que diariamente e nosso município é muito grande territorialmente. Então tendo um quartel aqui ou em Laurentino podemos ganhar até 30 ou 40 minutos nos atendimentos. Sem contar também que nas duas cidades não temos hospitais e os bombeiros são chamados com frequência para levar pacientes em situações de emergência”, completa.

Um nova reunião para definir o local e encaminhar os próximos passos da construção deve ser realizada na segunda (5) ou terça-feira (6).