Cidade
Foto: Amauri Abe - A economia do Legislativo proporcionou a devolução de R$ 2,8 milhões aos cofres do município

O presidente do Poder Legislativo de Rio do Sul, Francisco Goetten de Lima, o Chico (PP), juntamente com os vereadores, fizeram a devolução de cerca de R$ 2,8 milhões para os cofres do município. O valor foi alcançado após o aperto das contas e as medidas de austeridade aplicadas pela mesa diretora.

O valor foi distribuído para setores importantes, principalmente na área da Saúde. A quantia de R$ 800 mil já havia sido destinada anteriormente para o Fundo Municipal de Saúde, onde R$ 400 mil foi utilizado para colocar em dia a folha de pagamento dos médicos do sistema público de saúde, atrasada em cerca de 3 meses, R$ 200 mil repassados à Comunidade Evangélica Luterana de Rio do Sul, entidade mantenedora do Hospital Samária, e outros R$ 200 mil à Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí (Fusavi), responsável pela gestão do Hospital Regional Alto Vale.

O valor restante da devolução foi transferido para o caixa geral do município para pagamento de despesas diversas.
Chico explica que a economia realizada pela gestão de 2017 da Câmara Municipal de Rio do Sul representa um recorde no município. Ele enfatizou o trabalho conjunto realizado pelos vereadores, que foi fundamental para que o Legislativo alcançasse essa quantia significativa.

Entre os pontos que apresentaram maior diferença em relação aos anos anteriores, destaca-se economia nos gastos com diárias e a estrutura própria para filmagem e transmissão das sessões. “Foi resultado de uma gestão interna, onde a rubrica mais economizada foi a que era usada mais para mídia, onde foi poupado R$ 500 mil”, explica Chico.

Em relação as diárias, o presidente afirma que o Poder Legislativo de Rio do Sul foi o que menos gastou, percentualmente em relação ao orçamento total, é a terceira no Estado que mais economizou, se comparados números absolutos.

Outra economia foi relativa a redução do número de servidores, considerando que anteriormente haviam dois assessores jurídicos na Câmara de Vereadores e agora só tem um. “São custos internos que conseguimos diminuir bastante com algumas ações e, principalmente, com o apoio dos nossos servidores que foram parceiros nesse trabalho”, destaca Chico.

Outra novidade da Câmara de Vereadores de Rio do Sul foi o lançamento da TV Câmara, uma alternativa para que a população possa acompanhar as sessões e as ações realizadas pelo Legislativo rio-sulense. “O dinheiro público não é nosso, é do povo, não podemos gastar ele para se autopromover. Temos que proporcionar economia e usar o mínimo necessário”, finaliza Chico.

Nova mesa diretora

James Rides da Silva (PSD), foi o vereador escolhido para assumir a presidência da Câmara de Vereadores de Rio do Sul no ano que vem. Ele ocupará o lugar de Chico, que disse estar satisfeito com o novo chefe do Legislativo rio-sulense. James foi eleito por unanimidade.
O restante da Mesa Diretora será composta pelo vice-presidente Fernando Cesar Souza (PMDB), o Nandu, pelo primeiro secretário Maicon Coelho (PP) e pela segunda secretária Zeli da Silva (PMDB).

Projetos para 2018

Uma das preocupações de James está relacionada à área de segurança pública. Segundo ele, hoje existem pelo menos seis grandes condomínios em Rio do Sul onde os caminhões do Corpo de Bombeiros não conseguem entrar, por conta da altura dos portais dos loteamentos. “O pessoal tem procurado cada vez mais sistemas de câmera de vigilância e acabam fechando todo o condomínio, fazendo portais. Dentro desse condomínio fechado, o próprio caminhão não entra, então vai ter que ter um cuidado maior em cima disso”, conta.

Outro projeto que o novo chefe do Legislativo quer implementar no município no ano que vem é o Colégio Militar. De acordo com o vereador, essa é uma das suas prioridades. “Um projeto que esse ano eu não consegui colocar em prática, mas deixei ele bem alinhado para o ano que vem, é trazer o colégio militar para Rio do Sul. Em 2018, esse é um dos principais projetos que eu quero trazer para o município”, declara.

Rafael Beling