Política
Divulgação

 

Reportagem: Jorge Matias – DAV

 

As condições da rodovia estadual SC-350 levaram os nove vereadores de Taió a oficializarem questionamentos ao Departamento Estadual Infraestrutura de Santa Catarina (Deinfra). Na sessão desta segunda-feira (09) os vereadores aprovaram o documento que cobra uma resposta do órgão.

 

O documento que contém a assinatura de todos os vereadores titulares do Legislativo Municipal e pede informações pertinentes aos serviços de recuperação de bueiros responsáveis pela drenagem das águas na SC-350, nas proximidades da localidade de Ribeirão Pinheiro. O requerimento 12/2020 cita que os reparos são aguardados desde 2017 e que as condições atuais oferecem risco à vida de todos que utilizam a rodovia naquele trecho, principalmente dos moradores daquela região.

 

Durante a sessão o vereador Joel Sandro Macoppi (Progressistas), afirmou que o Estado abandonou a rodovia.

“Não temos mais placas no trecho e o bueiro do Ribeirão Pinheiro apresenta muitos riscos a quem transita pela via”, disse.

 

Outro questionamento feito é quanto à recuperação ou substituição dos guard rails (muros de proteção) da SC-350, no trecho entre o Centro de Taió e o Distrito de Passo Manso. As muretas de metal já existiam, mas foram danificadas pela ação do tempo com o passar dos anos, ou até mesmo pela utilização em acidentes registrados, em que veículos foram contidos pela proteção.

 

O vereador Jair Alberto das Neves, o Jinho, também do Progressistas, disse que a situação da rodovia preocupa.

“Estamos falando de vidas, precisamos de uma resposta e do concerto do trecho antes que alguma situação grave aconteça”, declarou.

 

Ele argumenta que como o trecho é rota para moradores de outros municípios como Rio do Campo e Santa Terezinha, o fluxo de veículos é mais intenso, o que exige mais cuidado e atenção na prevenção de acidentes.