Política
Foto: Divulgação

Em Presidente Getúlio uma nova lei já está beneficiando moradores que tenham deficiências permanentes. É que ela estabelece o prazo de validade de cinco anos para os laudos e perícias médicas que atestam as deficiências. O Autor do PL que foi sancionado pelo prefeito da cidade foi o vereador Alexandro Suchara (PP).

“Essa proposta de lei veio para facilitar pelo menos um pouco a vida das pessoas com deficiências irreversíveis e também de seus familiares. No dia a dia das pessoas com deficiência, uma das dificuldades que eu identifiquei nesses 13 anos trabalhando com pessoas especiais é a busca dos seus direitos ou benefícios, porque existe a exigência de laudos que comprovem essa deficiência mesmo que permanente, mesmo que irreversível. Os documentos precisavam ser sempre atualizados, o que acabava dificultando muito”, disse.

Ele comenta que tanto escolas públicas ou privadas e até mesmo empresas exigiam esses laudos atualizados, mas para isso as famílias precisavam passar com frequência por diversos profissionais como neurologistas, psicólogos, entre outros, o que nem sempre é possível com a agilidade necessária. “Muitas vezes passa mais de um ano de espera para conseguir e eu como legislador e ser humano acredito que tenho pelo menos a obrigação de ajudar a facilitar a vida da pessoa com deficiência e seus familiares diminuindo a burocracia e estou muito feliz que essa lei tenha sido aprovada”.

O vereador comenda que uma de suas grandes bandeiras na Câmara de Vereadores de Presidente Getúlio é lutar pelos direitos das pessoas com deficiência e melhorar sua qualidade de vida. Pensando nisso, ele conseguiu recentemente junto ao deputado Milton Hobus e a Fundação Catarinense de Educação Especial, um veículo para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

A Spin 0 Km está sendo utilizada pela Associação nas funções administrativas, visitas técnicas e principalmente em prol dos 199 alunos matriculados na instituição que atende pessoas especiais há mais de 47 anos promovendo a sua socialização e reabilitação física e intelectual.