Alto Vale
Foto: Divulgação

Foi sancionado há alguns dias o projeto de lei que reconhece o Oratório de Nossa Senhora das Graças, situado no Município de Laurentino, como ponto turístico religioso do Estado de Santa Catarina. A lei nº 18.333, de 6 de Janeiro de 2022 de autoria dos deputados Jerry Comper e Milton Hobus tem o intuito de valorizar a região do Alto Vale.

Para Jerry, oficializar o local como ponto turístico religioso no estado é uma forma de contribuir com o desenvolvimento da região. “A valorização do potencial turístico religioso fomenta a economia, gera empregos e traz benefícios para toda a região. A fé nos move em direção ao bem e o Oratório de Nossa Senhora das Graças em Laurentino é um lugar propício para visitação e contemplação” destacou.

Com um histórico marcado pela devoção e fé, o Oratório Nossa Senhora das Graças no alto do monte na Serra do Amuado, em Laurentino, é um local que oferece visibilidade de toda a parte central da cidade. No alto da serra foi construída a maior imagem de Nossa Senhora das Graças do Mundo.

Para o secretário de Planejamento e Turismo, Armando José de Oliveira, o projeto de lei ter sido sancionado foi uma grande conquista para o município, pois valoriza o que há de melhor e ainda contribui com a geração de renda local.

“Isso trás para Laurentino muitas vantagens. Além da visibilidade, colocando nossa cidade na vitrine do turismo religioso através não só da Santur, mas de qualquer site que orienta o turista, também nos coloca nos roteiros turísticos do Alto Vale, juntamente com Ituporanga, por exemplo. Não bastasse isso tudo, ainda vai nos ajudar muito a ingressar no Mapa do Turismo Brasileiro. Essa é apenas algumas das boas coisas que a Assembleia Legislativa nos proporcionou ao transformar em lei esse projeto. Por isso agradecemos aos deputados, em especial ao Milton e o Jerry Comper”, destaca.

Como surgiu o Oratório

A ideia de construir a imagem gigante surgiu de várias pessoas da comunidade e devotos de outras cidades, que alcançaram muitas graças no local. A princípio foi pensado em uma imagem de tamanho aproximado de 15 metros de altura, mas os projetos começaram a se encaminhar e muitos desafios, foram sendo superados, a se destacar que inclusive o projeto Civil foi doação.

Oficialmente o inicio da construção da base para a imagem foi em 2015, o conselho administrativo promovendo eventos promocionais com o intuito de arrecadar os recursos necessários, e com transparência executando a prestação de contas aos devotos. As doações vieram de diversos estados e municípios.

A construção da imagem teve início em março de 2017, através do escultor Vilmar Lopes de Medeiros, que reproduziu a réplica idêntica a imagem menor no interior da capela. Claro que o tamanho ampliado em muitas escalas atingiu a altura de 24.90 metros de altura.
Tradicionalmente no mês de novembro, em comemoração e honra à Santa, o Conselho Administrativo organiza as festividades, pois no dia 27 de Novembro é comemorado pelos católicos o dia de Nossa Senhora das Graças.