Alto Vale, Saúde
Foto: Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Depois da polêmica envolvendo a abertura de 10 novos leitos de UTI reservados para pacientes com Covid no Hospital Regional Alto Vale, em Rio do Sul, a Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí (Fusavi) que é mantenedora do HRAV decidiu colocá-los em funcionamento mesmo sem receber o credenciamento do Ministério da Saúde.

Na prática os leitos já estavam montados e com profissionais capacitados e podiam receber pacientes, mas a Fusavi aguardava o credenciamento do Ministério, o que garante que o hospital receberá por esses atendimentos. Agora vai atender mesmo sem essa garantia.  “A decisão foi tomada diante do que está acontecendo em Santa Catarina e vamos começar a atender todos que precisem do hospital, não só do Alto Vale, mas também de outras regiões que precisem de leitos de UTI”, disse o presidente Osmar Peters.

A intenção é ajudar no tratamento dos casos mais graves. “A abertura estava programada, mas esse credenciamento ainda não veio. Encaminhamos primeiro para a Secretaria Municipal de Saúde, depois foi a Secretaria de Estado da Saúde e finalmente para Brasília onde está aguardando a assinatura do ministro o mais rápido possível”, esclarece.

Ele disse ainda que o Hospital recebeu ainda a doação de mais um respirador da Federação das Indústrias de Santa Catarina e está bem equipado para receber os novos pacientes caso seja necessário. Ele agradeceu ainda o empenho dos colaboradores do HRAV. “Queremos agradecer nesse momento, principalmente a equipe de médicos, enfermeiros e todos da manutenção, engenheiros,  que vêm trabalhando e nos ajudaram a chegar nesse ponto para que o nosso hospital pudesse fazer esse atendimento”, finaliza.