Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Faltando pouco mais de um mês para o Natal, estabelecimentos comerciais de cidades do Alto Vale já começaram a anunciar ações sociais para comemorar a data com as crianças. Em Ituporanga, uma loja divulgou nas redes sociais e já está recebendo cartas. Em Chapadão do Lageado uma outra loja também teve a essa mesma ideia e já espera as primeiras correspondências para o bom velhinho.

Meici Gesser Wulff, de Ituporanga é uma das idealizadoras do projeto Carta Solidária. Para ela, essa é a oportunidade de fazer o bem e levar um pouco mais de alegria para as crianças que tiveram um ano diferente, longe dos colegas de escola. “Sabemos das dificuldades que temos em nosso dia a dia, e esse ano o cenário foi pior que nós imaginávamos, a pandemia deixou muitas famílias incompletas, com a perda de entes queridos, desemprego e principalmente as crianças que foram impedidas do convívio com os colegas de escola, por exemplo”, afirma.

Ela diz ainda que apesar de ser a primeira ação social do estabelecimento, em anos anteriores eles costumavam ajudar famílias com cestas básicas e brinquedos. “Essa importância com o próximo e o bem social já vem há mais tempo, Já doei brinquedos para creches, já ajudei também com cestas básicas, brinquedos para crianças que tive o conhecimento de que realmente precisavam, por realmente não ter com o que brincar e criança é criança somente uma vez na vida, então podemos deixar mais leve e feliz uma data como essa”, afirma.

Meici diz também que essa é uma forma de mostrar interesse e demonstrar o carinho pelas pessoas. “É se importar com os outros, se importar com o próximo, ter a certeza que fazer o bem é algo me traz felicidade também. Um sentimento de dever cumprido”, destaca.

A empresária avisa ainda que embora a divulgação tenha sido feita recentemente, as crianças já estão gostando da ideia e já existem padrinhos esperando para adotar as cartinhas. “Nosso projeto foi divulgado no último sábado do dia 14, então penso que não deu tempo para abranger muitas crianças, por isso recebemos poucas cartinhas, mas temos sim algumas crianças que já nos avisaram que estão fazendo e vão deixar aqui assim que estiverem prontas. Já temos ‘padrinhos’ que estão esperando as cartinhas para poderem ajudar também e estamos imensamente felizes em saber que temos essas pessoas abraçando a causa juntamente conosco”, revela.

Para participar da ação, as crianças precisam escrever sua cartinha para o Papai Noel e levar até a loja Agropet Gesser, que fica localizada na Rua Carlos Thiesen, 264, no Centro da cidade. “Já estamos aceitando as cartinhas desde o dia 14 de novembro e vamos encerrar no dia 19 de dezembro, se tivermos presentes ainda sobrando e padrinhos, encerraremos no dia 23 de dezembro. Quem tiver interesse pode entrar em contato comigo pelo whatsapp no número (47) 98824-3297 ou Instagram, ou até mesmo podem nos visitar, será um prazer”, completa.

“Adote uma cartinha, seja um Noel”

Em Chapadão do Lageado, um estabelecimento comercial também criou uma campanha para realizar desejos das crianças. A proprietária da loja explica que a ideia já vem de outros anos, mas que só agora conseguiram colocar em prática.

“O projeto adote uma cartinha já existe, mas acho muito interessante. Com o dinheiro que a gente gasta fazendo cesta, sorteando e com tantas outras futilidades, a gente pode usar para tornar as crianças mais felizes. Estamos em um ano tão difícil, tão complicado, o coronavírus acabou com a esperança de muitas pessoas e inclusive de muitas crianças que são pequenas e muitas vezes não entendem, não sabem o porque não podem ir para a rua, usar máscara, o tamanho do perigo e dar esperança de dias melhores, de que a magia do Natal ainda existe foi o que motivou a gente a tirar isso do papel”, conta.

Ela diz que infelizmente não será possível adotar todas as cartas sozinha, mas que com a ajuda de padrinhos poderão atender mais crianças. “Nós não temos padrinhos nem nada ainda, mas se tudo der certo pretendemos levar para os próximos anos. A loja vai adotar algumas cartinhas, mas imagino que todas não vamos poder e é por isso que estamos pedindo ajuda e está divulgando nas redes sociais. Para quem quiser ajudar, vamos disponibilizar algumas cartinhas no face e instagram @Taynan_presentes e se você a pessoa que quiser auxiliar não for daqui, mas quiser ajudar é só entrar em contato com a gente pelas redes sociais ou no whatsapp (47)9 9929-3576”, justifica.

As crianças interessadas em participar da promoção devem escrever uma cartinha com o pedido e identificação de endereço, nome e nomes dos pais. “Todas as cartinhas podem ser deixadas aqui na loja que fica na Avenida 29 de Novembro, 970, no Centro da cidade e não será sorteio. A pessoa poderá escolher a carta. A ideia inicial seria levar os presentes com um papai noel fantasiado, mas como somos em poucas pessoas na loja isso vai depender do movimento aqui”, finaliza.