Cidade
Foto: Divulgação

A tradicional pesquisa da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL) apontou que mesmo com todos os impactos trazidos pela pandemia, os comerciantes de Rio do Sul estão otimistas em relação às vendas para o Dia dos Pais.  O comércio da capital do Alto Vale também deve estar movimentado neste Sábado Feliz com os estabelecimentos abertos em horário ampliado para atender quem deixou a compra do presente para última hora.

De acordo com o levantamento até 42,1% dos entrevistados esperam um crescimento nas vendas de até 2%. Já outros 21,1% acreditam que o crescimento será de 2,1% até 4%. O mesmo percentual, 21,1% apostam que vão vender de 4,1% até 6% a mais que no ano passado. Outros 10,5% esperam um crescimento superior a 6,1%. Apenas 5,3% dos que responderam o questionário estão pessimistas e acreditam que venderão menos em 2021.

Já em relação ao ticket médio de compras, 31,6% acreditam que o valor do presente vai ficar entre R$ 51,00 até R$ 100,00. Outros 26,3% apostam em valores entre R$ 101,00 a R$ 150,00. 21,1% dos entrevistados esperam uma média acima de R$ 171,00. 5,3% optaram pela quantia de até R$50,00 e 5,3% também responderam que a média do presente será de 151,00 até R$ 170,00.  Segundo a pesquisa 10%dos comerciantes não sabem ou não apostam em nenhuma das opções apresentadas.

Sobre os itens escolhidos pelos filhos para presentear os pais os acessórios como cinto, carteira, relógio e óculos então entre os preferidos da maioria com 35,5%. Em seguida vem roupas e calçados com 29,0% e depois perfumes e cosméticos com 12,9%.  As bebidas foram a opção escolhida por 9% dos entrevistados, eletrônicos e informática por 6,5%, vale presente por 3,2% e outros itens também foram a opção escolhida por 3,2% dos entrevistados.

Um dado que chama a atenção é que 78,9% responderam que vão pagar o presente com cartão de crédito, outros 10,5% a vista em dinheiro e 5,3% no cartão de débito. 5,3% dos entrevistados também escolheram o crediário como forma de pagamento.

Questionados se a pandemia mudou a forma de fazer compras, 57,9% dos comerciantes acreditam que em parte e outros 42,1% acreditam que trouxe sim alterações significativas. Nenhum lojista respondeu que a covid-19 não trouxe nenhuma mudança.

Outro dado interessante na pesquisa é que boa parte das lojas de Rio do Sul já estão se modernizando e atendendo também de forma virtual. Ao todo 52,6% atendem só de forma física, mas 47,4% já vendem presencialmente e também pela internet.