Esporte
Foto: Divulgação

A mesatenista rio-sulense Mahayla Sardá tem nesta quarta-feira (27) o desafio mais importante de sua carreira: O Circuito Mundial de Tênis de Mesa. O evento acontece em Cuenca, no Equador, fazendo parte do campeonato mundial e somando pontos para o ranking internacional.

É a primeira disputa Mundial da atleta que foi convocada para representar a Seleção Brasileira. Mahayla já foi medalhista do Campeonato Latino Americano na categoria Sub-11. Na programação, a atleta conhece na quarta-feira os chaveamentos e grupos das categorias que ela disputa, Sub-13 e Sub-15. Os jogos começam sexta-feira e vão até domingo.

Mahayla terá como companheira de Seleção, Karina Shiray, que tem boa colocação no ranking mundial e é uma das melhores do país. O técnico da atleta, Gilberto Sardá, ressaltou o bom momento da atleta, que na última semana conquistou a Copa Brasil em Concórdia justamente sobre Shiray, além dos treinos intensos preparatórios para a competição.

O treinador ainda explicou que essa é a competição que abre o ciclo olímpico da atleta visando as próximas edições dos Jogos. “A Mahayla vem com uma carga de treinos muito alta e tecnicamente está muito bem, além de psicologicamente. Seu jogo encaixou e tenho certeza que vai fazer bons jogos nas duas categorias e fazer uma boa competição, visando especialmente somar pontos no ranking internacional”, comentou.

Para participar do Circuito Mundial a atleta foi patrocinada por Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Rio do Sul e Prefeitura de Rio do Sul, Pamplona Alimentos, Colégio Sinodal Ruy Barbosa, Crediário Digital, Aulas Trader, Inova Engenharia e Construções, Arena Duda, Mercado Sardá, Natto e Dom Vitale Day Spa.