Cidade

Os aprovados nos processos de seleção para os cursos do Instituto Federal Catarinense (IFC), em Rio do Sul, têm até dia 13 para efetuar a matrícula. Essa será a única semana disponibilizada para o ingresso dos alunos selecionados para os cursos técnicos integrados e subsequentes ao Ensino Médio da instituição.

As datas das matrículas foram divididas em dois locais e períodos diferentes. Para os aprovados em Agropecuária e Agroecologia, o prazo de inscrição termina às 13h30min de hoje (11), na Unidade Sede do IFC, localizada no bairro Serra Canoas.

Já para os alunos selecionados para os cursos de Informática, Agrimensura e Eletroeletrônica, as matrículas acontecem nos dias 12 e 13 de janeiro, das 8h30min às 13h30min, na Unidade Urbana do IFC.
De acordo com André Munzlinger, assessor de comunicação do instituto, os locais das matrículas foram divididos para facilitar o trabalho dos profissionais do IFC. André explica que o processo de matrícula envolve diversas pessoas, pois uns conferem documentos e outros fazem entrevistas. “Há muitas pessoas envolvidas nesse processo. Não tem como fazer as matrículas nas duas unidades”, comenta.

Documentos necessários para a matrícula

Nesse período de matrículas, a instituição está enfrentando problemas com a documentação incompleta dos estudantes. André diz que, muitas vezes, o aluno precisa voltar para casa e buscar os documentos. “Tudo isso porque não prestou atenção no edital e nas informações que têm no site”, explica.

Para fazer a matrícula, os selecionados devem levar duas fotos 3×4, cópias do RG, CPF, certidão de nascimento, histórico escolar, comprovante de residência e carteira de vacinação. Os maiores de 18 anos também precisam entregar uma cópia do título de eleitor, certidão de quitação eleitoral e, no caso dos homens, certificado de alistamento militar.

Se o aluno vai ingressar no ensino subsequente, ele precisa entregar uma cópia do certificado de conclusão do Ensino Médio e do seu histórico escolar. Por sua vez, quem deseja se matricular nos cursos integrados deve levar uma declaração de conclusão do nono ano. Além disso, alunos que ainda não fizeram 18 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis no momento da matrícula.

Vagas para grupos específicos

Segundo André, o IFC possui diversas vagas destinadas a quem é da agricultura familiar ou vem de escolas públicas, de baixa ou qualquer renda. Se o aluno se inscreveu em alguma dessas categorias, ele também precisa entregar documentos que comprovem a sua participação nesse processo.

São 105 vagas destinadas ao curso de Agropecuária, 35 para Agroecologia e 35 para o ensino médio integrado de Informática. Caso esses alunos não fizerem a matrícula, os próximos nomes da lista serão chamados. “Se eles não vierem, depois não tem o que fazer, pois as vagas estarão preenchidas”, ressalta André.

A segunda chamada será feita na semana que vem e os aprovados que perderam a primeira chamada não poderão mais ingressar nos cursos neste ano.
Das 105 vagas destinadas para o curso de Agropecuária, apenas 25 são para ampla concorrência. Isso significa que o aluno que vem de escola pública, tem baixa renda ou é da agricultura familiar, tem mais chances de entrar na instituição pública.

Carolina Ignaczuk