Política
Foto: Alan Garcia

Reportagem: Helena Marquardt / DAV

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) foi o maior vencedor nas eleições municipais e se consolidou como a sigla mais forte na região elegendo 14 prefeitos, incluindo o município de Leoberto Leal, e alcançando resultados incontestáveis com diversos políticos como foi o caso de Ibirama onde Adriano Poffo se elegeu com 75,96% dos votos e Laurentino onde Marcelo Tadeu Rocha venceu com 74,16% dos votos.

Considerado uma das principais lideranças do MDB junto com o deputado federal Peninha, o deputado estadual Jerry Comper comemorou os resultados e em entrevista ao Jornal Diário do Alto Vale ressaltou que o balanço é extremamente positivo. “Hoje estamos conversando sobre tantas coisas que aconteceram e principalmente o êxito na eleição. Fizemos 14 prefeitos, 12 vice-prefeitos e 102 vereadores, um número muito expressivo”, comenta.

Comper acredita que o sucesso em relação aos eleitos é em decorrência do trabalho realizado na região, não apenas o dele e de Peninha, mas também do MDB nos municípios. “Não só do nosso gabinete e colaboradores, mas de cada município onde todos se dedicaram muito, não somente agora, mas também ao longo dos anos. Foi muita sola de sapato e visitas levando a nossa proposta”, completou.

Os resultados consolidam o MDB como uma das maiores forças políticas do estado. O deputado destacou que procura estar sempre presente nas bases eleitorais e que trabalha sete dias, inclusive estando presente em todos os municípios. “A região onde o MDB é mais forte é no Alto Vale. Não aparecemos apenas de quatro em quatro anos” afirmou.

Compromisso com o povo

O emedebista comentou ainda o momento político que vive Santa Catarina e ressaltou que todos os políticos devem servir e trabalhar em prol da população. “Passamos oito anos de Luiz Henrique da Silveira e mais oito anos de Raimundo Colombo, ou seja, 16 anos com o poder do Estado e em 2018 tivemos uma mudança. Chegou o governador Moisés, totalmente diferente e agora temos Daniela, mas independente de quem esteja lá precisamos buscar o compromisso que eles têm com a sociedade, não podemos de forma alguma fugir disso”, finaliza.