Alto Vale
Enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Elizete da Silva
Um levantamento realizado pela Vigilância Epidemiológica de Rio do Campo, revelou que a procura por atendimentos médicos caiu 25% no mês de maio, em comparação com maio de 2019. 54% dos atendimentos foram virtuais, através do WhatsApp lançado pela Secretaria de Saúde.
A enfermeira responsável pela Vigilância, Elizete Farias da Silva, destaca que estes são bons resultados durante a pandemia da Covid-19. Houve uma queda de 82% na procura de atendimentos por problemas respiratórios, um dos sintomas agravados pelo coronavírus.
Cerca de dois meses após o Alto Vale registrar seu primeiro caso de coronavírus, 22 municípios da região têm pelo menos um registro da doença. Apenas cinco, entre eles Rio do Campo, ainda estão fora das confirmações.
Conforme a enfermeira Elizete, algumas medidas foram essenciais “Isso se deve a realização de medidas de prevenção. Educação em saúde, orientações diárias a população, realização de práticas integrativas e complementares, cuidado com a higiene, alimentação, exercícios físicos, isolamento social, entre outras”.
A participação e aceitação nas ações de prevenção de toda comunidade de Rio do Campo também contribui para retardar a chegada da Covid-19 no município.

A Secretaria de Saúde de Rio do Campo também investiu no combate ao coronavírus. Foram realizadas barreiras sanitárias, desinfecção de vias públicas, praças, Unidades de Saúde, distribuição de medicamento gratuito que atua no fortalecimento da imunidade, distribuição gratuita de máscaras para toda a população, além de campanhas de orientação durante toda a pandemia.