Esporte
Divulgação

 

A mesa-tenista rio-sulense Mahayla Sardá disputa a partir desta quarta-feira (29, uma seletiva para integrar a Seleção Brasileira de Tênis de Mesa da temporada. A competição será realizada em São Paulo, no Centro Paraolímpico, com supervisão da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (Cbtm).

 

A atleta de 11 anos disputa uma das duas vagas na categoria sub-13. São dois dias de disputa e em cada um deles participam as 16 melhores do ranking nacional. A campeã de cada dia defenderá a seleção nacional no Campeonato Sul Americano que ocorre em março, na Argentina. Outras duas atletas também são convocadas, mas precisam arcar com os custos para participação da competição continental.

 

Em ritmo intenso de treino em janeiro, a atleta não descansou em dezembro, já que esteve durante 40 dias em treinos específicos na China, berço da modalidade. Em Beijing recebeu orientações de técnicos de atletas olímpicos, que são os maiores nomes da modalidade no país e no mundo. Para o treinador da atleta, Gilberto Sardá, a experiência foi positiva e conceitos de jogo foram corrigidos.

 

“Foi o segundo ano que viajamos a China e a experiência é positiva, já que evoluímos em aspectos importantes. Estamos muito focados para essa seletiva, sempre se preparando ao máximo, tanto na parte técnica, mas principalmente no psicológico, onde vamos tentar jogar com intensidade máxima”, comentou.