Alto Vale
Foto: Divulgação

Helena Marquardt/DAV

Uma solenidade na tarde desta sexta-feira (22) marca a realização de um sonho antigo de muitos moradores de Lontras. As famílias foram contempladas com casas modulares construídas e entregues pela Defesa Civil, mas que até então ainda não contavam com escrituras, documento que será finalmente entregue nesta semana.

Ao todo são doze famílias que irão receber as suas matrículas/escrituras. Inicialmente elas viviam em áreas consideradas de risco no município e foram realocadas pela Administração Municipal, formando então o núcleo urbano informal no bairro Riachuelo.

A funcionária pública Greice Alves, é uma das moradoras beneficiadas e diz que receber a escritura é a realização de um sonho antigo e o fim de muitos anos de luta. Antes ela vivia na localidade conhecida como Praça 11, uma das primeiras a serem alagadas em Lontras, e depois de ser atingida por três enchentes só em 2011 teve a casa interditada.

“Depois que foi interditada a prefeitura conseguiu pagar um aluguel social para mim por um ano, depois fui morar no salão da igreja até ganhar essa casa modular da Defesa Civil, mas ainda assim a gente não sentia que era de fato nosso e aguardava há seis anos por isso”, conta.

Ela ressalta que o fato de ter a escritura da casa que fica na Rua Marli das Graças dos Santos permite que ela possa fazer alterações ou até mesmo reformar o imóvel e traz uma sensação de pertencimento. “Com a escritura em mãos agora posso dizer que é realmente nossa casa. Antes a gente nem podia mexer porque não tinha os documentos em mãos. É a realização de um sonho meu e de todos que vivem aqui”, completa.
Além das 12 famílias beneficiadas outras no município ainda aguardam a regularização das casas e a entrega das escrituras.