Cidade
Foto: CRS/DAV

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Está marcado para o dia 28 de novembro o segundo Ato em Prol da Estrada Blumenau. O manifesto deve reunir integrantes do Movimento pela Revitalização que já se organizam para cobrar respostas do Poder Executivo sobre a conclusão do trecho 1, que está quase finalizado, e informações sobre o trecho 2 da obra que é uma das mais esperadas em Rio do Sul.

A coordenadora, Jéssica Duarte, ressalta que o Movimento pela Revitalização da Estrada Blumenau continua firme, mas não tem recebido informações da prefeitura. “Estamos cobrando semanalmente posicionamentos da Administração Pública atual, mas há vários meses estamos tendo dificuldades em esclarecer dúvidas e pontos que ficaram pendentes da obra que está atrasada e passou por aditivos”, argumenta.

Ela comenta ainda que o Movimento reportou-se oficialmente através de protocolo na prefeitura. “Seja para elucidar as demandas da atual obra, e também colocando-se à disposição para estar discutindo os projetos para o segundo trecho da Estrada Blumenau, porém, até o presente momento não houve nenhum tipo de discussão ou apresentação de proposta para a continuidade da extensão dessa importante estrada para Rio do Sul”, completa.

Para chamar a atenção sobre a obra, os integrantes do movimento marcaram para o dia 28 de novembro, às 8h, o Segundo Ato em Prol da Estrada Blumenau quando ciclistas vão percorrer um trecho da via. Moradores também estão convidados a fazerem a pé parte do trajeto, que inicia em frente ao Posto Bela Aliança. “O objetivo da ação é chamar atenção para a ciclovia que está abandonada e também para a continuidade da obra”, afirma Jéssica.

Prefeito explica trabalho em fase final

Procurada pela reportagem para comentar os prazos de conclusão, a Prefeitura de Rio do Sul informou que a obra é considerada 90% realizada no trecho 1. “Estamos em fase final total, feita a pintura só falta a sinalização que são os tachões, tachinhos e placas. Acreditamos que acabe nos próximos dias. Tivemos dias bons agora, mas não foi fácil, ficamos 50 dias rendendo muito poucos nas obras mas há uns 14 dias o tempo está firme e pudemos trabalhar”, explicou o prefeito José Thomé.

Já em relação ao trecho 2, ele afirmou que essa fase será apenas de adaptação da ciclovia até o final da via, no bairro Bela Aliança e inicia também nos próximos dias. O projeto está pronto e já foi licitado. A obra deve começar ainda em novembro e terá R$ 418.202,97 em investimentos. “O segundo trecho é a ciclovia até na ponte e começa essa semana. A gente vai arrumando o dinheiro e fazendo conforme dá. Dia 20 a Celesc vai afastar mais seis postes que ficaram faltando e ficaram dentro da topografia da ciclovia, mas paralelo a isso a empresa já vai começar a retirar 80 centímetros de barro e aplicar rachão”, afirma.

Sobre o manifesto Thomé pediu paciência à população. “Respeito o Movimento pela Revitalização da estrada Blumenau, mas nem tudo que eles pediram a engenharia permite que seja executável. Tiveram coisas no projeto que mudaram no decorrer da obra que é muito complexa. A estrada Blumenau é o projeto viário mais bonito que Rio do Sul tem. Nenhuma via sofreu tanta transformação, mas nem tudo foi possível atender o Movimento. O trânsito em horários de pico, por exemplo, mudou completamente. São ações que demoram, precisam do tempo certo e pedimos a compreensão da população”, finaliza.

Para 2022 a prefeitura projeta executar o acostamento da Estrada Blumenau e para 2023 a intenção é fazer a fresagem e recapeamento a exemplo do que foi feito nas avenidas da cidade.