polícia

Os policiais militares estavam em abordagem para cumprimento de mandado de prisão, nesta sexta-feira (14), em Itajaí, e o suspeito mentiu seu nome verdadeiro. Em consulta ao sistema foi identificado através da foto no registro que o homem possuía mandado de prisão ativo por homicídio.

 

No momento que os policiais conversavam com o envolvido, uma mulher abriu a porta da residência, quando um cão da raça Pitbull saiu e avançou nos policiais militares, exigindo a utilização de arma de fogo para conter o animal.

 

O suspeito de 43 anos possui 20 boletins de ocorrência, entre eles, lesão corporal e tráfico de drogas. Ele foi preso.