Alto Vale
Foto: Divulgação/Prefeitura de Salete

Cláudia Pletsch/DAV

Um sentimento mútuo de solidariedade toma conta do coração dos moradores do Alto Vale, e não é diferente para aqueles que administram os municípios da região. Desde a quinta-feira (17) diversas cidades se uniram em busca de doações de produtos de higiene e limpeza, roupas, água potável e até valores em dinheiro para ajudar as famílias que perderam tudo no município de Presidente Getúlio.

A Prefeitura Municipal de José Boiteux enviou nessa quinta-feira (17) um caminhão tanque, uma retroescavadeira e um caminhão basculante para auxiliar nos trabalhos em Presidente Getúlio que foi o local mais atingido pela enxurrada.

A prefeitura de Rio do Oeste também buscou ajudar e encaminhou maquinários da Secretaria de Obras além de funcionários da Administração Municipal para ajudar na limpeza da cidade.

Em Dona Emma, Laurentino, Rio do Campo e Salete não foi diferente, as prefeituras também disponibilizaram maquinários e ajuda para o município.

O Governo do Estado divulgou nota informando que a Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC), a Polícia Militar (PMSC) e o Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC), continuam dando suporte a Rio do Sul, Ibirama e Presidente Getúlio.

“Nossas equipes seguem empenhadas para resgatar vítimas, orientar sobre locais de risco, reparar dados e entregar itens de assistência humanitária. Esperamos minimizar as perdas dessa tragédia e evitar novas ocorrências. O secretário nacional de Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, também está em nosso Estado, trazendo o apoio do Governo Federal em mais esse triste momento”, destacou o governador Carlos Moisés.

Cerca de cinco mil itens de assistência humanitária da Defesa Civil de Santa Catarina estão sendo distribuídos na região. Além disso, abrigos permanecem abertos em Ibirama, Rio do Sul e Presidente Getúlio. No total, segundo o relatório dessa sexta-feira (18), são 199 pessoas desabrigadas e 284 desalojadas. Equipes do Instituto Médico Legal (IML) também se deslocaram de outras regiões para o atendimento das vítimas na região.