Alto Vale

Começa nesta sexta-feira (10) a quinta edição do mutirão de castração de cães e gatos em Rio do Oeste. A ação vai até terça-feira (14) e pelo menos 360 animais são esperados nestes cinco dias de atendimento. Não há mais vagas disponíveis para esta edição e cerca de 100 pessoas já estão na lista de espera para os próximos mutirões.

O mutirão inaugura o Centro de Prevenção de Zoonose, único no Município e também no Alto Vale. De acordo com a fiscal sanitária sênior, Alci Léia Padilha, o centro irá facilitar a realização de outras ações similares, e funcionará no endereço do antigo posto de saúde de Rio do Oeste. “Esse local é especialmente adequado para mutirões de castração, mutirões de vacinação e ações de educação e saúde, todas voltadas às questões de zoonose”, explica.

A fiscal conta que na quarta-feira (15) as datas dos próximos mutirões do ano serão divulgadas. A ideia é que a cada dois meses um novo mutirão seja realizado, já que o Centro de Prevenção de Zoonose irá facilitar o atendimento aos animais. “No dia 15 nós vamos divulgar as datas desses próximos mutirões, porque agora a gente vai ter uma agenda para o ano todo”, revela Alci.

Pelo menos 30 voluntários – entre médicos veterinários e pessoas que quiseram ajudar – irão trabalhar durante esses cinco dias de mutirão. Apesar disso, Alci ressalta que toda ajuda é bem-vinda. “A maioria das pessoas que estão ajudando são pessoas comuns, que gostam de animais, e se alguém quiser ajudar também, a gente está sempre pedindo ajuda”, afirma.

Valores acessíveis

Um dos motivos que ocasionou a alta procura pelos atendimentos foi o valor acessível da castração. Como as pessoas trabalham de forma voluntária e não há internação, o preço do procedimento está bem reduzido. Para gatos machos, o valor da castração é de R$ 50,00, já para fêmeas é de R$ 60,00. No caso dos cães, o valor varia de acordo com o peso. Para animais com até dez quilos, o valor é de R$ 90,00. Entre dez e 30 quilos, o procedimento custa R$ 120,00. Para cães com peso superior a 30 quilos, o valor cobrado é de R$ 150,00.

Segundo a fiscal sanitária, os mutirões de castração trouxeram diversos resultados positivos para o Município. “Diminuiu muito a questão do abandono de animais e a qualidade de vida do animal melhorou muito”, explica. Para ela, a importância desses mutirões está em justamente diminuir a população de animais abandonados em Rio do Oeste.

Carolina Ignaczuk