Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A vida costuma dar muitas voltas. Foi em uma dessas voltas que o Alex e a Adriana se conheceram. Eles residem em Rio do Oeste, quando se encontraram, Adriana já tinha uma filha e ele também. Após muitas conversas resolveram unir as famílias.

Giordana Micaela Pisetta é filha da Adriana, uma menina especial. Quando o pai faleceu, ela estava com apenas dois anos de idade. Aí chegou o Alex com o seu filho Vitor em 2015 e a família aumentou. Para Adriana, essa foi uma grande demonstração de amor. “Eu apresentei para ele toda a minha realidade, contei que tinha uma filha especial e ele disse que tinha o Vitor. Ele disse que não seria problema ser pai de uma menina especial e de lá para cá ele assumiu a nossa família e ajuda em todas as dificuldades e obstáculos da nossa vida. Agradeço a Deus por essa família”, disse Adriana.

Alexsandro Voltolini e Adriana Vessel Pisetta estão juntos há quase 6 anos e a cada dia que passa o amor uns pelos outros se multiplica. “Até fogem as palavras para falar da Giordana. É uma criança de 12 anos que não ofende ninguém. Cada dia eu amo mais essa menina. É uma experiência que eu vou levar para a vida. Eu só tenho que agradecer a Adriana, a essa família maravilhosa que eu tenho. Meus filhos que eu amo muito, a Giordana e o Vitor que também mora com a gente”, comenta Alexsandro.

Ser pai não é tão simples assim. Exige tempo, atenção e muito amor.  “A Giordana ensinou muito para mim. Hoje eu tenho outra visão. Ainda existe muito preconceito, as pessoas olham e falam. Mas eu sou muito feliz com a Adriana e a família que a gente formou”,disse Alex.

Não é só pela data comemorada hoje, mas amores de verdade precisam ser compartilhados. Esta é apenas uma história de muitas que estão espalhadas por aí. Como o Alex existem muitos outros pais, que amam, que cuidam e honram os filhos.

“Feliz dia dos pais a todos os papais da Apames de Rio do Oeste,especialmente o meu marido Alexsandro Voltolini por ser um paizão. O melhor pai que a gente poderia ter. Nós te amamos”, finaliza Adriana.