Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

O ex-prefeito de Vidal Ramos, Oldimar de Souza, mais conhecido como Nego Souza, deixou o MDB, sigla na qual estava filiado há cerca de cinco anos e aceitou o convite do Podemos, partido pelo qual foi anunciado pré-candidato a deputado federal nesta semana após uma reunião com lideranças.

Ele comenta que viu no Podemos uma oportunidade de contribuir com toda a população do Alto Vale e que o partido foi escolhido principalmente pelas suas lideranças. “Vi no Podemos uma oportunidade e fiquei feliz de ser lembrado, de poder representar a sigla aqui na região. O que me incentivou foi especialmente as lideranças que temos na região como o prefeito de Blumenau, o prefeito de palhoça, os deputados Nazareno Martins, Laércio, Rodrigo Coelho. Admiro o trabalho que eles fazem, a transparência, sinceridade. Fico feliz com o convite”, disse.

Na política Nego já foi vereador por três mandatos, prefeito, presidente da União das Câmaras do Alto Vale do Itajaí (Ucavi), Secretário Municipal de Saúde e diz que se sente preparado para assumir um novo desafio. Questionado sobre a viabilidade de sua pré-candidatura a deputado federal, ele comenta que mesmo que fique como suplente já tem o compromisso do partido de ter participação no mandato. “Eu teria participação mesmo como suplente, então o objetivo é ajudar o partido, fortalecer a sigla na região, mas também tendo vez e voz para pedir o que precisamos”, disse.

Na opinião de Nego, o Alto Vale precisa de um representante que lute principalmente por áreas como agricultura. “Acho que precisamos de um candidato que esteja mais presente, que dê oportunidade aos nossos agricultores, que cuide dessa área. Eu nasci na roça e digo isso com muito orgulho, que essa será uma bandeira que vou levantar, além de outras demandas porque já fui prefeito e sei do que precisa, então quero estar presente contribuindo como deputado”, ressalta.

O político declarou ainda que muita coisa deve acontecer até 2022 e até lá ele segue trabalhando, visitando os municípios e conhecendo ainda melhor a realidade de todas as cidades. “Acho que fiz um bom trabalho como prefeito e tudo isso ajudaria como deputado, mas claro, sempre respeitando os outros nomes, não tentando tomar espaço de ninguém e sim mostrando o meu propósito, que é o mais importante”, conclui.