Política
Foto: Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

O ex-prefeito de Presidente Getúlio, Nilson Stainsack, do Progressistas,  assume na semana que vem uma vaga na Câmara dos Deputados.  Ele ocupará a cadeira de Darci de Matos, do PSD, que se licenciou para disputar as eleições à prefeitura de Joinville e que era de sua coligação. A posse deve ocorrer na quarta ou quinta-feira quando ele fará o juramento em sessão.

O empresário, que concorreu ao cargo de deputado federal nas eleições de 2018 havia ficado como primeiro suplente da coligação entre os partidos PP, PSD e PV e obteve quase 62 mil votos, cerca de 35 mil somente no Alto Vale.

Em entrevista ao DAV ele diz que primeiramente gostaria de agradecer a todos que confiaram em seu trabalho e que com certeza vai retribuir os votos com muita dedicação. “O Alto Vale, o Médio e o todo estado de Santa Catarina têm muito a ganhar. Em Brasília vou inicialmente fazer um trabalho pesado em cima da BR-470 porque entendo que só vamos poder crescer quando duplicarem de Indaial para a frente. Hoje estamos estagnados em função da logística. Junto com a bancada catarinense vamos cobrar a duplicação até Curitibanos”, comenta.

Ele ressaltou que desde os seus 23 anos sonhava com a reforma tributária e agora 33 anos depois vai poder participar desse processo de renovação diretamente de Brasília. “Isso para mim realmente é um sonho e entendo que essa reforma tributária é importantíssima para alavancar realmente o crescimento do país. Para que os empresários, empreendedores possam gerar mais empregos e renda”, comentou.

Stainsack revela que também lançará um projeto de lei para que as pessoas diagnosticadas com dislexia tenham os mesmos direitos que crianças autistas. “Essas pessoas também acabam perdendo no aprendizado. Também quero trazer mais recursos para as creches, escolas porque um pai e uma mãe tem que sair de casa para trabalhar com a certeza que o filho está num lugar adequado”, disse.

Recursos para saúde, especialmente repasses aos hospitais filantrópicos também estão nos planos do mais novo deputado federal, além de incentivos para agricultura, que segundo ele é o setor que tem fomentado a economia principalmente agora durante a crise gerada pelo novo coronavírus.

Liderança do Progressistas no Alto Vale

Além do trabalho na Câmara dos Deputados, Stainsack também está focado na articulação política das eleições municipais de 2020 já que é uma das principais lideranças do Progressistas no Alto Vale. Ele garante que a sigla terá 177 candidatos a prefeito e em torno de 40 a vice-prefeito em Santa Catarina e vai participar ativamente auxiliando nas campanhas. “Vou estar junto porque entendo que esse é o momento do PP, somos muito fortes, e muitos desses candidatos também estiveram comigo me apoiando na minha eleição”, conclui.