Política
Foto: Divulgação

O empresário e advogado Angelo Cattoni reforçou as fileiras do Partido Progressista (PP), é que ele filiou-se nesta semana na Arena Duda, na cidade de Rio do Sul, durante a reunião do Diretório Municipal. O evento foi liderado pelo presidente do Diretório Municipal, Genésio de Borba Júnior, e contou com a participação de diversas lideranças como Chico Goetten, vereador Duda Freitas, filiados e apoiadores.

Segundo Cattoni, já havia diálogo com alguns partidos alinhados com sua perspectiva política e entendimento sobre a necessidade de construir um modelo de atuação com base na inovação e fortalecimento político do Alto Vale. “Os Progressistas representam o que acredito, no sentido de promover transformações urgentes para proporcionar avanços sociais, além de ser um partido forte no Alto Vale e com potencial de crescimento pelas lideranças municipais”, afirma Cattoni.

O PP, segundo o filiado, é o segundo partido em representatividade política na região e tem atraído lideranças de expressão que compartilham de interesses comuns com o que seria considerada uma ‘boa política’, que também significaria compromisso com mais investimentos em projetos que gerem emprego e renda.

Cattoni adiantou no ato de sua filiação que não pretende ser candidato nas eleições municipais de 2024. “Não vou concorrer a qualquer cargo municipal nas eleições de 2024, minha demandas são regionais e fortalecimento do Alto Vale”, disse.

“Mas é fundamental que o partido atraia novas lideranças e pessoas habilitadas, comprometidas e fiéis ao objetivo de promover o desenvolvimento regional”, acrescentou.

O empresário reafirmou ainda que o motivo de sua entrada no PP foi o alinhamento na perspectiva do partido de promover avanços econômicos e sociais. “Sou mais um membro a reforçar a militância do partido em defesa de um país melhor, de um Alto Vale mais forte, muito disposto a dar minha contribuição nesse sentido, somando esforços com os diretórios municipais e estadual”, diz.

Sobre uma eventual candidatura no futuro, Cattoni reforça que neste momento a prioridade é reforçar o partido, estimular o surgimento de novas lideranças e promover o diálogo para fortalecer os ideais progressistas. “Vivemos um momento político delicado e temos que atuar para que tudo transcorra dentro da normalidade democrática. Se serei candidato em 2022 será uma decisão de time, do grupo, não do Angelo”, finaliza.