Cidade
Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde habilitou cinco novos leitos de UTI/Covid implantados no Hospital Regional Alto Vale. O anúncio foi pela secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, aos presidentes da Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí, Osmar Peters e do Conselho Curador, Giovani Nascimento, durante audiência na segunda-feira (19). Os leitos fazem parte da iniciativa envolvendo os hospitais Regional e Samária, Secretaria Municipal de Saúde e Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde de Santa Catarina (Fehoesc).

O presidente da Fusavi, Osmar Peters, destacou que neste primeiro momento foram credenciados apenas cinco leitos, com a habilitação retroativa na última sexta-feira (dia 16). “Com isso a partir de agora temos condições de receber o valor das diárias já que o custo é bastante elevado”.

Peters adiantou que se houver necessidade a secretária garantiu o envio dos outros cinco respiradores e monitores, conforme havia sido acertado com o seu antecessor. “Vamos torcer para quer não haja necessidade desta ampliação”. O presidente lembrou que essa ampliação foi possível graças a “engrenagem” entre os hospitais Samária e Regional, Secretaria Municipal de Saúde e Fehoesc.

A secretária confirmou ao presidente da Fehoesc, Giovani Nascimento, a continuidade do convênio para o repasse de recursos ao Hospital Samária, que cedeu 10 leitos de retaguarda na clínica médica. “Foi graças a isso que o Hospital Regional conseguiu fazer as adequações necessárias para a ampliação da nova UTI/Covid”. Ele acredita que Carmen Zanotto vai continuar sendo parceira dos hospitais de Santa Catarina, em especial com o Regional de Rio como na época de deputada federal. “Ela conhece a realidade da saúde desde ocupou a secretaria”, complementou.

Ainda participaram do encontro o vice-presidente da federação, Tércio Kasten e o diretor-executivo, Braz Vieira.