Alto Vale
Foto: Odair Ferreira

Rafaela Correa/DAV

Após décadas de espera, a ligação asfáltica entre Taió e Rio do Oeste deve ser finalmente realizada. É que na manhã desta quinta-feira (11), o deputado estadual Milton Hobus (PSD) anunciou que a obra deve ser licitada até junho e segundo ele, a ordem de serviço deve ser assinada ainda este ano. As ligações entre Vidal Ramos e Botuverá, Petrolândia à BR-282 e Salete à Witmarsum também devem ser licitadas em 2021.

De acordo com o deputado, o secretário de Estado de Infraestrutura de Santa Catarina confirmou o encaminhamento da obra para licitação. Ele destaca que o projeto já foi concluído e o que o valor para finalizar os trabalhos ainda não é certo, mas para o início Hobus teria destinado R$10 milhões via emenda parlamentar. “Essa obra a gente ainda não tem um valor correto, mas é uma obra de aproximadamente R$60 milhões. Vamos confirmar isso na audiência com o governador Carlos Moisés da Silva na semana do dia 23 de fevereiro”, afirma.

Questionado sobre a importância de obras de ligação para a região do Alto Vale, ele fala sobre desenvolvimento econômico e cita outros trechos que devem ser licitados também em 2021, como a SC-110 que liga Petrolândia à BR-282, ligação entre Vidal Ramos à Botuverá e Salete à Witmarsum.

“Eles estão fazendo um pacote de licitação de projetos de obras, teremos a licitação do projeto para ligação de Vidal Ramos à Botuverá, que também é estratégica para o Alto Vale porque faz a ligação com o Litoral, com menor distância tirando todo o Alto Vale da BR-470 para vir até o Litoral. A ligação de Petrolândia até a BR-282, SC-110, também é estratégica porque além de economizar distância vai atender uma área que está em desenvolvimento que é a agricultura. Temos grandes áreas com cultivo de soja, milho e um grande fluxo de caminhões. Também será licitado mais um projeto de 21 km que liga Salete a Witmarsum, então nós temos a ligação do Vale Norte com o Vale Oeste, hoje já é uma estrada não pavimentada, mas com um grande fluxo de caminhões”, explica.

Ele diz ainda que é preciso encurtar distâncias entre as regiões e diminuir o trânsito na BR-470. “Nós temos uma necessidade muito grande de interligar as nossas regiões do Alto Vale, justamente com o objetivo de encurtar distâncias, criar novas rotas de desenvolvimento, porque a infraestrutura traz o desenvolvimento e também a gente tirar a dependência da BR-470, que nesse caso dessa ligação é um corte muito grande. A gente sai da BR-470, sai da muvuca de Pouso Redondo com um grande ganho de tempo e quilometragem.”, enfatiza.

Além disso, Hobus acrescenta ainda a importância de se cobrar o contorno viário de Ituporanga e Rio do Sul. Segundo ele, uma reunião será realizada para debater a viabilidade da obra. “Essas cidades não conseguem mais suportar o intenso tráfego de caminhões. São obras que salvam vidas”, finaliza.

Segundo assessoria de imprensa do parlamentar, o projeto para recapeamento da SC-350 está em fase de licitação para que o trecho de Aurora até Imbuía seja refeito.

Secretário visita Alto Vale

O secretário de Infraestrutura do Estado Thiago Vieira visita hoje (12) pelo menos quatro cidades do Alto Vale. “Foi um convite que fiz ao secretário de Infraestrutura do Estado para estarmos percorrendo a região do Alto Vale pelos municípios de Imbuia, Ituporanga, Petrolândia e Atalanta, passando para conhecer todas as demandas que temos na nossa região. É muito importante levarmos o secretário para que ele possa ver de perto todas as demandas e dificuldades do Alto Vale. É um trabalho a muitas mãos”, completa o deputado estadual Jerry Comper.