Cidade
Helena Marquardt

 

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

 

Após a publicação do decreto do governador Carlos Moisés que autoriza a continuidade de obras públicas, os trabalhos de revitalização da Estrada Blumenau em Rio do Sul foram retomados e quem passa pelo trecho já percebe a movimentação de máquinas e trabalhadores.

 

De acordo com o prefeito, José Thomé, a revitalização é fundamental para a cidade para a melhoria da mobilidade urbana, beneficiando cerca de seis bairros da região Leste de Rio do Sul.

“Tendo em vista esse decreto do governador autorizando, de imediato entramos em contato com os fiscais de obras, coordenadores e empresas contratadas para a retomada. Estamos numa verdadeira batalha para entregá-la o quanto antes”, disse.

 

Nesse momento equipes trabalham no alargamento das pistas e implantação da drenagem. A obra, que será executada inicialmente num trecho de 2,3 mil metros, prevê duplicação de vias e calçadas, recuperação de toda a ciclovia da Estrada Blumenau, partindo do bairro Santana, passando pelos bairros Bremer e Bela Aliança, até a divisa com o município de Lontras. O valor estimado do projeto é de R$ 8,3 milhões, financiados pela prefeitura através do Banco Regional do Desenvolvimento econômico (BRDE).

 

O prefeito destaca ainda que foram várias obras importantes retomadas, não só a revitalização da estada Blumenau, mas também o início da pavimentação do primeiro trecho da rua Gustavo Hasse, no Alto Bela Aliança, a construção da creche central entre outras.

“Todas foram retomadas, mesmo sabendo que há controvérsias no entendimento das pessoas com relação às obras públicas e também privadas. A construção civil é uma das que mais contrata e gera empregos em Santa Catarina, mas nos coube diante do decreto do governador de organizarmos essas obras públicas que agora estão ocorrendo normalmente”, disse

 

Questionado sobre o prazo de entrega mesmo após alguns dias de paralisação ele diz que a data está mantida e os trabalhos estão até adiantados em cerca de 30 dias. Grande parte dos moradores das áreas beneficiadas também concordam com a retomada. O diretor do Casep, Patrick Münzfeld é um deles e diz que a continuidade é importante.

“Inclusive para o bom andamento do trânsito e também para atender esse anseio da população que aguarda há muitos anos essa obra”, opina.

 

O balconista Luiz Roberto dos Santos Teixeira também não vê problemas na continuidade.

“No normal as obras públicas já atrasam então imagina agora com essa situação do coronavírus. Desde que os funcionários das empresas tenham os devidos cuidados não vejo problema nenhum, até porque são obras na rua e eles mantém distância”, disse.

 

Histórico das reivindicações

 

As associações de moradores dos bairros Bela Aliança, Bremer, Rainha, Navegantes, Barra do Taboão e Taboão, têm feito ao longo dos últimos anos, diversas ações reivindicando a revitalização da Estrada Blumenau. Atividades como um abaixo-assinado, panfletagem, participação em audiências públicas e entrega de ofícios do pedido, foram feitos nas mais diversas esferas do governo.