Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A finalização do prédio que vai abrigar o Bloco H da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Ibirama é muito aguardada pelos acadêmicos e pessoas de toda a região. Iniciada em 2015, a obra de ampliação da instituição depende agora da liberação de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e a entrega está prevista para o início do próximo ano.

De acordo com relatório enviado pelo diretor de administração da unidade, Marino Luiz Eyerkaufer, o espaço permitirá melhores condições de infraestrutura aos alunos. “O espaço permitirá ao Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi) a sua plena organização para oferecer ensino, pesquisa e extensão em condições favoráveis de infraestrutura, além de permitir os serviços de retaguarda para a efetividade do cumprimento dos seus fins”, diz o relatório.

Segundo Marino, a ampliação vai custar mais de R$ 5 milhões e é um convênio do FNDE com contra partida da Udesc de R$ 1,9 milhão. O convênio é de 2012, mas a obra ficou parada em 2015 e 2017, segundo ele, em função da empreiteira que teria falido na época e diante da necessidade de realização de uma nova licitação.

Ainda de acordo com o diretor, a obra está em fase de acabamentos, faltam apenas instalações elétricas, luminárias e portas internas. A entrega só depende do repasse de R$650 mil do FNDE. “O prédio Bloco H está em fase de conclusão, aguardando liberação final de recursos do FNDE, a expectativa é de liberação ainda em 2020. Após liberação dos recursos a intenção é concluir a obra no início de 2021, para o qual paralelamente a aquisição do enxoval do prédio está em tramitação”, informa.

Além do prédio que vai possibilitar a ampliação da Universidade, outras obras também estão em andamento. Segundo relatório há um projeto iniciado em 2019, de uma academia ao ar livre e a obra está em fase de implementação.

Os dados divulgados afirmam que a Udesc encaminhou ofício ao Executivo municipal de Ibirama, que buscou junto ao Legislativo a aprovação de um projeto de lei que visa a destinação parcial da Rua Helena Laun, num total de 944 m² para utilização da instituição. “A doação parcial da rua e a aquisição de um imóvel remanescente permitirão a unificação de matrículas e o estudo da reurbanização da planta, cujo projeto arquitetônico iniciou-se ainda em outubro de 2020. A aquisição do imóvel está prevista com recursos do custeio economizados durante o ano, e no local será alocado o time da direção de administração, mediante pequenas adaptações que serão realizadas pela equipe de asseio”, diz o relatório.

Para o diretor de administração, a expectativa é de concluir os projetos da reurbanização no início de 2021, e fazer a execução parcial do projeto, principalmente no que diz respeito à instalação de energia, água e outras demandas crescentes no mesmo ano.

Por fim, o relatório fala das expectativas para o próximo ano e destaca a entrega do Bloco H como uma delas. “Em relação aos investimentos de 2021 ressalta-se o foco e a grande esperança na conclusão e disponibilização do prédio Bloco H. Ainda em 2021 o início da execução do projeto de reurbanização da planta da Udesc Alto Vale, dará ao nosso Centro um ambiente acolhedor e digno de Universidade”, finaliza.