Alto Vale

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Quatro cidades do Alto Vale estavam entre os 14 municípios catarinenses que foram alvo da operação Carga Geral deflagrada pela Polícia Civil de Santa Catarina nesta quinta-feira (2) que investiga crimes de furto, roubo e um esquema de receptação de cargas. Ao todo a ação envolveu mais de 100 policiais civis.

A ação é realizada pela Delegacia de Furtos e Roubos de cargas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) e segundo a Polícia Civil foi denominada de Carga Geral em razão da diversidade e variedade dos produtos subtraídos, desde alimentos a equipamentos eletrônicos, e visa à responsabilização dos autores pela prática de diversos delitos, dentre eles receptação, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa.

Ao todo são 52 ordens judiciais. Foram expedidos 19 mandados de prisão e outros 33 de busca e apreensão, além de sequestros de bens dos investigados em Agrolândia, Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Barra Velha, Blumenau, Brusque, Indaial, Itajaí, Joinville, Penha, Porto Belo, Pouso Redondo, Rio do Sul e Taió. Só na cidade de Brusque, por exemplo, os policiais apreenderam uma arma de fogo e R$ 200 mil durante as buscas. O balanço da operação no Alto Vale não foi divulgado pela polícia.

Mais de 100 policiais envolvidos

A operação foi realizada com a participação de mais de 100 Policiais Civis, da Deic e das Delegacias de Polícia das cidades onde estão sendo cumpridos os mandados judiciais. A reportagem tentou contato com a Deic, mas até às18h desta quinta-feira o órgão informou que não poderia repassar uma balanço já que muitos mandados ainda estavam sendo cumpridos.