Estado
Foto: Divulgação

Para promover a segurança dos moradores e turistas de Santa Catarina, foi lançada oficialmente nesta segunda-feira, 18, a Operação Veraneio edição 2017-2018, em ato em Florianópolis com a presença do governador Raimundo Colombo e de lideranças do setor. Tradicionalmente organizada pelo Governo do Estado, esta é a maior operação integrada de segurança pública catarinense, com o envolvimento de equipes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Geral de Perícias (IGP) e Departamento de Trânsito (Detran). No total, vai mobilizar 10.545 profissionais, entre policiais militares e civis, bombeiros militares e técnicos do IGP, com atuação no Litoral e Interior do Estado.

A Operação Veraneio 2017-2018 abrange 61 municípios, sendo 29 balneários e 32 cidades com características turísticas como estâncias hidrominerais, fronteiras, entre outros. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) projeta investimentos de R$ 33 milhões, valores utilizados no pagamento de diárias para os policiais transferidos de sua base para o Litoral, etapa alimentação e pagamento dos guarda-vidas civis.

“Santa Catarina promove este trabalho há muitos anos, e a cada nova edição ganhamos mais experiência, superamos desafios e promovemos a segurança de moradores e visitantes. Mais uma vez estamos prontos para, com muito profissionalismo de todas as equipes envolvidas, atender este período em que tanta gente escolhe estar em Santa Catarina”, avaliou Colombo, lembrando que as empresas Celesc e Casan também reforçam ações para o período.

O secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, destacou a qualidade dos profissionais envolvidos. “Temos viaturas, equipamentos e investimentos financeiros para as diárias, mas nosso grande diferencial são os profissionais que trabalham para promover a segurança nas diferentes regiões de Santa Catarina”, destacou. Também presente no lançamento, o secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, lembrou que investir em segurança pública é fundamental para manter o tradicional sucesso de Santa Catarina no cenário turístico durante as temporadas de verão.

Atendimento aos estrangeiros

Como uma das novidades deste ano, a Operação Veraneio terá a participação de policiais argentinos, resultado de uma parceria entre Santa Catarina e a Província de Missiones, na Argentina. O representante da polícia argentina, comissário investigador Claudio Ludtke, explica que os profissionais argentinos atuarão no atendimento aos turistas que falam espanhol, para suporte em eventuais ocorrências. Nesta edição, serão quatro policiais argentinos que falam espanhol e português, dois atuarão em Florianópolis e dois na região de Balneário Camboriú.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Henrique Hemm, explica que a corporação também estará com um reforço de efetivo ao longo da Operação Veraneio nas cinco regiões de concentração dos trabalhos da corporação. Haverá, ainda, envolvimento da Polícia Militar Rodoviária nas áreas mais críticas.

O delegado-geral da Polícia Civil, Artur Nitz, lembra que além de reforço nas delegacias de polícia civil, também haverá o constante apoio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), das delegacias especializadas, da Academia de Polícia Civil (Acadepol) e da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil. Haverá reforço policial nas Delegacias de Atendimento ao Turista do Aeroporto Hercílio Luz e na Rodoviária Rita Maria.