Cidade
Foto: Divulgação

 

Luana Abreu

 

A Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí (Fusavi) elegeu na terça-feira (19) sua nova diretoria para o biênio 2020/2021. O empresário Osmar Peters, que já ocupou o cargo em 2014/2015 e atualmente é o primeiro vice-presidente de Giovani Nascimento, foi eleito durante a assembleia geral.

 

Peters revelou que um dos principais desafios de sua gestão vai ser o lançamento da pedra fundamental da nova torre da entidade, além de dar início a obra. “Temos o projeto pronto e a população pode visualizar no hall de entrada do hospital”. O presidente eleito preferiu não mencionar as datas, até porque o governador Carlos Moisés da Silva apenas acenou a possibilidade do repasse de parte dos recursos.

 

Com aproximadamente 26 mil metros quadrados, distribuídos em 14 pavimentos, a nova torre vai abrigar o novo centro cirúrgico e obstétrico, além da UTI. Depois de pronta, haverá ampliação do número de leitos e de vagas de estacionamento “Quando o prefeito Luiz Soldatelli deu início ao nosso hospital só faltaram chamá-lo de louco, mas 25 anos depois de seu funcionamento não temos espaço para ampliações”, lembrou.

 

O futuro presidente toma posse em janeiro de 2020. Ele acredita que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assine ainda este ano a portaria que autoriza o Hospital Regional Alto Vale como referência em ortopedia. “Atualmente esse serviço para os pacientes do SUS é só em Lages”. Peters adiantou que o processo já está em Brasília. Outra referência pleiteada é a endovascular. Como o próprio nome indica, é a cirurgia por dentro dos vasos. “A deputada federal, Carmem Zanotto, também está levando o processo junto com a da ortopedia”.

 

Durante o mandato, a intenção do presidente eleito é preparar seu sucessor, para o biênio 2022/2023. O objetivo é que se cumpra o plano de desenvolvimento da instituição do período de 20 anos.

 

Giovani Nascimento

O atual presidente Giovani Nascimento, foi eleito para presidir o Conselho Curador, e vai ficar responsável pelas finalidades sociais da instituição, de modo que elas sejam cumpridas. Além disso, Nascimento assumiu em agosto a presidência da Federação dos Hospitais de Santa Catarina e ocupa também o cargo de vice-presidente da Confederação Nacional de Saúde.

 

Questionado sobre o trabalho desenvolvido nestes dois anos à frente da instituição, Nascimento destacou a aquisição do aparelho de hemodinâmica, investimento de cerca de R$ 1,5 milhão com recursos próprios e mais R$ 500 mil em investimentos em infraestrutura para receber o equipamento. “Esse aparelho é um dos mais modernos do país, apenas cinco instituições hospitalares no Brasil dispõem dessa tecnologia”, ressalta.

 

Com relação às condições econômicas que ele deixa o hospital para Peters, o atual presidente afirma que as situações financeiras e administrativas estão em equilíbrio. “Nosso trabalho nestes dois anos foi focado em fazer economia, sem deixar de prestar serviço de qualidade à população que nos procura. Passamos por períodos difíceis, mas conseguimos deixar todas as contas equilibradas”, explica.

 

A nova diretoria do Hospital Regional Alto Vale para o biênio 2020/2021 ficou composta da seguinte forma: presidente – Osmar Peters; 1º vice – Vilson Schulle; 2º vice – Cláudio Ropellato; 1º tesoureiro – Cícero Fernandes; 2º tesoureiro – Juliano Müller; 1º secretário – Vítor Peron; e 2º secretário – Alexandre Siedel. Como membros efetivos do Conselho Fiscal foram eleitos: Eloi Venturi; Hélio Francisco de Andrade; e Sandro de Souza. Os suplentes são: Patrick Munzfeld; Lourdes Claudino; e Pedro Leal da Silva Neto. No Conselho Curador, além de Giovani Nascimento como presidente, foi aprovado o nome de Zilmo Pedro de Souza.