Alto Vale
Foto: Prefeitura de Agronômica - Moradores solicitaram com antecedência a liberação do benefício

Os moradores de Agronômica que foram atingidos pela enchente poderão sacar o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) a partir de amanhã. Quem necessita ir até a agência da Caixa Econômica Federal, em Rio do Sul, terá um horário diferenciado de atendimento nessa quinta e sexta-feira (28 e 29), das 9h às 10h. De acordo com a Administração Municipal, pelo menos 78 pessoas receberão o benefício.

O valor máximo de saque é de R$ 6.200 e o depósito será automático para o beneficiado que tem conta na Caixa. Quem tem um valor inferior a R$ 3 mil para receber poderá sacar o benefício com o Cartão Cidadão em agências da Caixa ou lotéricas. Já os moradores que têm mais de R$ 3 mil para sacar devem comparecer à agência da Caixa em Rio do Sul, munidos de carteira de identidade e carteira de trabalho. “É muito importante lembrar que aqueles que precisam estar na agência devem levar os documentos”, ressalta o diretor do departamento de Administração da Prefeitura de Agronômica, Francisco Alexandre Duarte Neto.

Segundo Neto, cerca de 150 pessoas compareceram ao mutirão de atendimento para solicitar a liberação do FGTS. Porém, apenas 78 delas serão contempladas. “O que aconteceu é que algumas pessoas que não foram atingidas pelas cheias acharam que poderiam ser contempladas, e também algumas pessoas procuraram e não tinham a documentação correta”.

O diretor ressalta que o pagamento do benefício deve aquecer a economia do município, além de auxiliar a população no pagamento de dívidas. “Por conta do momento que o país atravessa, hoje as pessoas têm dívidas e o pessoal gosta de saná-las. Acho que vai ser muito bem-vindo esse pagamento do FGTS”, afirma Neto.

Novidades

Neto adianta que será aberta uma linha de crédito especial para as empresas de Agronômica que foram atingidas pelas cheias. Porém, o diretor ainda não tem a informação do valor que será liberado ou os prazos de pagamento. Esses dados devem ser divulgados pela Administração Municipal ainda nesta semana. “Isso vai ser muito importante. Todas as empresas que foram afetadas pelas cheias podem procurar a Caixa Econômica”, conclui.

Carolina Ignaczuk