Cidade
Foto: Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Um ano de perdas, adaptações e superações que tornam o verdadeiro significado do Natal ainda mais especial. Sem grandes festas e eventos, em Rio do Sul até mesmo o Papai Noel precisou se reinventar e tem feito a alegria de crianças e adultos com o auxílio da tecnologia. Como não pode dar um abraço apertado presencialmente, o bom velhinho está encaminhando mensagens personalizadas em vídeos e até promovendo lives, uma forma divertida e moderna de continuar encantando no período natalino.

Franquito Probst tem uma marcenaria, mas também atua como Papai Noel há cerca de cinco anos e sempre tinha agenda disputada para participar de eventos, visitar as famílias e conversar especialmente com as crianças, no entanto com a pandemia, ele passou a gravar vídeos para manter o distanciamento e lembrar que o Natal continua sendo uma data mágica. Ele garante que quem recebe as mensagens, gosta tanto como se elas fossem dadas pessoalmente. “As crianças adoram que o Papai Noel fale diretamente com elas. Estamos tendo um retorno muito bom, os pais filmam as crianças escutando a mensagem e nos mandam os vídeos. As crianças estão acostumadas a ficar em casa e acham muito bacana receber a mensagem do Papai Noel. Também já fizemos para idosos, até de 91 anos, e é muito emocionante”, comentou.

A esposa dele, Sidineia Kopp, conta que por conta da pandemia a perspectiva não era positiva e ela deu a ideia para que ele inovasse em 2020 gravando mensagens em vídeo e lives. “Pensamos numa possibilidade de estar dando continuidade aos trabalhos, mas de forma virtual, então surgiu a ideia das mensagens gravadas”, conta.

Para garantir que as mensagens ficassem perfeitas e totalmente profissionais, o casal montou um estúdio em casa, o que exigiu investimentos, mas as mensagens têm feito o maior sucesso. “Colocamos papel de parede, compramos uma árvore maior, um sofá. Investimos um valor que conseguimos pagar só semana passada, incluindo o desenvolvimento do site, propaganda, mas a gente queria algo a nível nacional e está funcionando super bem, estamos tendo muitos elogios”, disse.

O principal diferencial, além da qualidade dos vídeos, é que as famílias podem personalizar toda a mensagem indicando nome, coisas que a pessoa gosta, e até características positivas do comportamento das crianças, por exemplo, e pontos onde podem melhorar. “Todas as informações são escritas pelos elfos e duendes num livro mágico”, conta o Papai Noel.

O cadastro pode ser feito no site www.bomnoel.com.br e as mensagens custam R$ 30. Já as lives variam de R$ 100 a R$ 150. Franquito e Sidineia também realizam lives gratuitas onde todas as crianças têm a oportunidade de falar com o Papai Noel.