Esporte
FOTO: Arquivo DAV

Várias pessoas buscam a prática do ciclismo, pedalando para desenvolver condicionamento físico, para uma vida mais saudável e pensando também na questão da sustentabilidade. Um incentivo à essa prática, pretende estimular ainda mais os adeptos. Neste domingo (5), Rio do Sul vai realizar a primeira edição do Circuito Vale Viver. Uma programação que envolve a prática de esporte, aliada a contemplação de belas paisagens e ainda, o envolvimento da produção rural local.

O circuito é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, junto de comércios locais e proprietário de propriedades rurais, como explica o secretário Paulo Fiamoncini. “Estamos desde o segundo semestre do ano passado trabalhando no alinhamento desse projeto. Através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, entramos em contato com os segmentos de comércio de bicicletas e também com o setor de agricultura e proprietários locais e criamos o projeto em parceria”, conta.

 

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

 

O circuito pretende conhecer e desbravar o interior da cidade em cima da bicicleta. Para a primeira rota, o bairro Bela Aliança é o destino que irá receber os ciclistas. “Conversamos com seis propriedades de lá, para podermos alinhar as atividades. Temos a Chocolateira Baumann, a Cachaçaria Bela Aliança, o Bar Germânico, o Pesque e Pague Rainha do Vale, a Cachoeira da Magia e o queijos Bela Aliança. Conversamos com eles e construímos a programação, que foi dando corpo a atividade”, explica o secretário.

As inscrições para participação são gratuitas e podem ser feitas na Bicicletaria Canta Galo, JK Bike, WB Bikeshop e Bike Plus. E também no Pórtico Turístico da Praça Ermembergo Pellizzetti, e Pórtico da Guarda Municipal, no Parque Harry Hobus. Quem quiser aproveitar o momento e conhecer o café colonial do Queijos Bela Aliança pode adquirir o cartão junto da inscrição.

“É um circuito que não tem muita dificuldade. É um circuito para a família, para quem está começando a pedalar e também irá ter a oportunidade de conhecer essas propriedades agrícolas da região”, diz. A concentração da saída para o percurso será no Parque Harry Hobus, a partir das 13h.

Paulo finaliza com o convite aos praticantes e amantes do esporte. “Vamos estar a partir das 13h no parque Harry Hobus, e a saída está prevista para as 13h30. Nós vamos estar acompanhados da Guarda Municipal, da Secretaria de Saúde com ambulância e da Jabiraca. Se por ventura alguma criança cansar ou acontecer algum problema com uma bicicleta pode colocar na Jabiraca. Vamos dar todo o suporte para essa primeira rota, para que tudo possa sair perto do perfeito”, ressalta.

Rotas de Cicloturismo

O Circuito Vale Viver pretende expandir o projeto para outros bairros de Rio do Sul também. Tudo depende de como for a receptividade e participação local. Fiamoncini conta que para dar início ao projeto, pelo menos três rotas foram pensadas e devem definir as atividades após a realização da primeira etapa. “Nós temos como meta de início, mais três rotas, circuitos diferenciados. Queremos explorar o Taboão e Albertina, a Valada São Paulo, a Serra Canoas e Urucurana, e depois a Valada Itoupava. E se tiver o desejo de outras propriedades e de outras localidade e quem sabe expandir também para o Alto Vale”, conclui.

Susana Lima