Alto Vale, Cidade, Segurança
Foto: PM/ Divulgação

Cláudia Pletsch/DAV

As normas de distanciamento social que tiveram que ser impostas devido a pandemia do coronavírus provocaram uma mudança brusca na vida de muitos trabalhadores. Nos últimos meses o home office se tornou comum nas residências, e como forma de prevenção à doença as aglomerações foram proibidas, essas proibições ainda estão em vigor, mas segundo informações repassadas pelo 13º Batalhão de Polícia Militar de Rio do Sul (BPM), as aglomerações organizadas de forma clandestina fizeram as ocorrências de perturbação de sossego aumentarem em 73,17% nesse ano.

De acordo com o comandante do 13º Batalhão de Polícia Militar de Rio do Sul, tenente-coronel, Renato Abreu, somente em Rio do Sul no ano passado, de janeiro até o mês de setembro foram registradas 548 ocorrências de perturbação de sossego. Nesse ano, no mesmo período já foram registradas 949 ocorrências. Ainda segundo o comandante, o aumento se deve às inúmeras denúncias sobre aglomerações e festas clandestinas. “A gente faz uma análise e observa que esse aumento nas ocorrências de perturbação se deve a questão do coronavírus. As pessoas ligam reclamando de perturbação e muitas vezes tem relação com aglomeração de pessoas e a não observação de regras sanitárias, principalmente a de aglomeração. Então as pessoas ligam fazendo a denúncia e quando a guarnição chega ao local se depara com a situação de aglomeração, aí conforme protocolo orienta-se que cesse a aglomeração e caso necessário são tomadas outras providências para que as normas sejam cumpridas”, relata.

Conforme explica o comandante Renato Abreu, as chamadas denunciando perturbação de sossego são as que têm maior incidência entre as ocorrências rotineiras. Em toda região atendida pela 1º Companhia do 13º BPM, de janeiro a setembro desse ano foram atendidas 1260 ocorrências de perturbação de sossego, 1007 ocorrências de acidente com danos, 391 acidentes com lesão, 846 ocorrências de pessoa suspeita e 95 ocorrências de veículo suspeito. “A gente vê que a perturbação, os acidentes de trânsito e as pessoas com atitudes suspeitas somadas constituem 47,7% das ocorrências atendidas pelos nossos policiais Militares em todo o Alto Vale e aqui na 1º Cia, das 1260 ocorrências, 949 são somente da cidade de Rio do Sul”, finaliza.