Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Kelley Alves

A notícia até seria boa não fosse a alta demanda da região. Apesar de receber oito novas viaturas do Governo do Estado durante esta semana, a Polícia Civil da região ainda precisaria de outras 20 para suprir a atual demanda. Segundo o responsável pela 7ª Delegacia Regional de Polícia de Rio do Sul, que compreende 22 municípios e 26 unidades policiais, Leonardo Marcondez, o municípios ainda carecem de frota.

“Ainda seriam necessárias, pelo menos, mais 20 viaturas para a renovação da frota no âmbito dos nossos 22 municípios e 26 unidades policiais”, aponta.

Em todo o estado foram 43 viaturas distribuídas aos municípios. As unidades contempladas foram Agronômica, Witmarsun, Rio do Campo, José Boiteux, Pouso Redondo, Trombudo Central e Rio do Sul. Este último recebeu dois veículos. Os demais receberam uma viatura.

Leonardo Marcondez explica que todos os veículos foram destinados através de emenda parlamentar, com destinação estabelecida pelos deputados responsáveis.

Os veículos, a partir da entrega na Assembleia Legislativa, já estão em uso a partir da chegada. A entrega beneficia municípios de todas as regiões com investimento de R$ 7 milhões por meio de emendas parlamentares estaduais impositivas, exercício 2021, e contrapartida do Governo do Estado com recursos do “SC Mais Segura”.

Os novos veículos são 28 SUV média caracterizadas; 7 picapes 4×4 caracterizadas; 6 hatch descaracterizados; e 2 picapes descaracterizadas com adaptação para transporte com cães.

Presente durante a entrega, o governador Carlos Moisés enfatizou a importância da renovação da frota em todo o estado.
“Na Polícia Civil serão ao todo mais de 600 viaturas adquiridas. Estamos praticamente renovando a frota em 60% em um período curto de tempo, além de valorizar a atividade e dar condições dignas de trabalho aos homens e mulheres da nossa Segurança Pública”, enfatizou Carlos Moisés.
O delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Marcos Flávio Ghizoni Júnior, pontuou a importância da entrega para otimizar os serviços da Polícia Civil.

“A partir de hoje teremos um incremento de quase 7% na nossa frota de viaturas caracterizadas. A maioria desses veículos serão utilizados quando a PC já encerrou as investigações e precisa se fazer presente para finalizá-las definitivamente”, informou.